O sol voltou, as roupas encurtaram, os inbox piscam loucamente te chamando para dar rolês em São Paulo, a garganta está seca... Risos.

Aproveitando esta boa onda, eis aqui uma seleção especial para quem gosta de música e, mais do que isso, tem ouvidos abertos para conhecer sons e ficar por dentro do que está rolando de novo e autoral por aí.

Confira uma belíssima opção de show por dia para ir entre quarta-feira, 13, a domingo, 17 de setembro, para não ficar em casa jamais. Se liga:

  • Cauê - show de lançamento "Pra Vender"
    13 de setembro, às 21h
    Teatro Viradalata - Rua Apinajés, 1387 - Perdizes
    R$ 20 (clique aqui e selecione meia-entrada, válida para todo mundo que comprar antecipado); R$ 30 na hora

Muita gente talentosa da cena de todo-dia está presente neste que é um dos projetos mais recentes dos quais você talvez não tenha ouvido, mas deveria. Cauê, que já tocou na banda de músicos como André Whoong e Sara não tem nome, lança agora seu début solo e o apresenta, pela primeira vez, no palco do intimista Viradalata. Participam do show Luna França, Luiza Lian, André Whoong e Tamiris Soler, além dos músicos que o acompanham no palco: Leonardo Sogabe, Pedro Serapicos e Rafael Castro, que assina a produção do disco.

---

A Casa do Mancha tá numas de comemorar seus 10 anos de (r)existência com shows sucessy. Para tal, nada mais digno do que convidar Luiza Lian, que em março deste ano realizou o lançamento de seu álbum visual "Oyá Tempo". Acompanhada do músico Charles Tixier, que assina a produção do disco, o show teve direito a cenografia especial e projeções que, além de ressignificar o palquinho, amarrou a proposta do disco de misturar som, imagem, sensação, tempo e espaço.

Créditos: Fernando Banzi

Lançamento de "Oyá Tempo" na Casa do Mancha

---

O nome da feixxta é "Bailynho Merda", que realiza a edição Bahya Night Club, já que rola a invasão dos baianos Giovani Cidreira e Murilo Sá no Estúdio Lâmina. Maravilhousers e expoentes do novo indie. Giovani apresenta seu multissensorial "Japanese Food", lançado neste ano, enquanto Murilo toca as músicas de seu segundo álbum, "Durango!", de 2016.

---

Um selo musical: Balaclava. Uma banda misteriosa que já lançou dois clipes e não se sabe quem são os integrantes: A Band Called Love. Um lugar massa no centro de São Paulo: o Lâmina. Pronto! Este é o show de lançamento da ABC Love, que apresenta pela primeira vez o "Álbum do Prazer". Quem viver, verá!

---

O evento, intitulado Mulheres Negras em Busca da Dignidade de Todas, tem como objetivo valorizar mulheres negras e colocá-las como protagonistas em suas respectivas artes. Além da música, que tem no line-up nomes como Linn da Quebrada, MC Soffia, Samba Negras em Marcha, Coletivo de Oya e Bianca Soares, o evento conta com brechó, artesanato e performance durante todo o dia.


Mais SP:

Festão de jazz convida Izzy Gordon para show gratuito no hostel