A Capela do cemitério da Consolação agora é palco para a peça “Para Gelar a Alma”, do Grupo Na Companhia de Mulheres. Livremente inspirado em contos de Edgar Allan Poe (1809 -1849) e em uma história verídica de maldição familiar, o espetáculo, que acontece sempre aos sábados e domingos, às 19h, até o dia 5 de julho, instiga a imaginação no lugar mais mórbido para se assistir algo do gênero. As apresentações têm entrada Catraca Livre.

A peça se passa em uma casa do interior onde vivem três benzedeiras. Sem divisão entre palco e plateia, o espaço cênico acomodará o público, as atrizes e os objetos de cena da casa ambientada no interior da capela. A proximidade com o cenário, a iluminação, os cânticos e a trilha sonora especialmente composta para a montagem ajudam a compor a atmosfera de suspense da encenação.

Foto: Fábio Burtin

Créditos: Foto: Fábio Burtin

Edgar Allan Poe é um dos inspiradores da obra

A dramaturgia de Marcio Araújo favorece a aproximação com o espectador: as personagens narram suas histórias dando seus testemunhos de como sobreviveram à maldição.

Para Gelar a Alma

06 Jun
a
05 Jul

  • de 03/06 a 05/07
    • Sábados e Domingos às 19:00

Cemitério da Consolação
Rua da Consolação, 1660 Consolação - Centro São Paulo - SP
Estação Paulista (Metrô - Linha 4 Amarela)
Catraca Livre