A trajetória da filosofa e militante polonesa Rosa Luxemburgo (1871-1919) é o ponto de partida de Ròzá, com dramaturgia de Martha Kiss Perrone e Roberto Taddei, que tem uma nova temporada no espaço de convivência da Praça das Artes, entre os dias 27 de outubro e 19 de novembro. As sessões ocorrem de quinta a sábado, sempre às 20h, com entrada Catraca Livre. Os ingressos devem ser reservados pelo e-mail [email protected].

1/3

Crédito da imagem: Marilia Scharlach

"Ròzás" revela episódios da vida da antimilitarista Rosa Luxemburgo

2/3

Crédito da imagem: Murilo Salazar

"Ròzás" revela episódios da vida da antimilitarista Rosa Luxemburgo

3/3

Crédito da imagem: Marilia Scharlach

"Ròzás" revela episódios da vida da antimilitarista Rosa Luxemburgo

  • Crédito da imagem: Marilia Scharlach

    1/3

    "Ròzás" revela episódios da vida da antimilitarista Rosa Luxemburgo

  • Crédito da imagem: Murilo Salazar

    2/3

    "Ròzás" revela episódios da vida da antimilitarista Rosa Luxemburgo

  • Crédito da imagem: Marilia Scharlach

    3/3

    "Ròzás" revela episódios da vida da antimilitarista Rosa Luxemburgo


Em uma instalação que representa ora a casa, ora a prisão de Luxemburgo, as atrizes Lowri Evans, Joana Levi, Martha Kiss Perrone interpretam várias cartas escritas pela militante judia por meio da palavra falada, de projeções de vídeo, do canto e da música.

A maioria das correspondências foram redigidas quando ela estava encarcerada na Alemanha, no início do século 20. O espectador acompanha alguns episódios da vida dessa personagem, como as suas caminhadas, as lutas, a prisão e até seu brutal assassinato.

Morta pouco depois de assumir a linha de frente da revolução alemã, a homenageada ficou conhecida como um símbolo antimilitarista. Em seu último artigo, ela escreveu “Eu fui, eu sou, eu serei”, frase que orientou a encenação.

Os últimos momentos de vida de Rosa ainda são um mistério. O que se sabe é que ela foi espancada até ficar inconsciente, baleada e jogada nas águas do Canal Landwerkanal, onde socialistas e comunistas se reúnem todos os anos, em janeiro, para homenageá-la.

Assista abaixo ao teaser de "Ròzá":

Imagem Autor

A SP Escola de Teatro é um equipamento cultural da Secretaria do Estado da Cultura e tem por atribuições a formação profissional na arte teatral.

+ posts do autor

Ròzá

27 Out
a
19 Nov

De 27/10 a 19/11:   Quintas,  Sextas e  Sábados às 20:00

Praça das Artes
Avenida São João, 281 Centro São Paulo - SP
Estação São Bento (Metrô - Linha 1 Azul)
Catraca Livre
Os ingressos devem ser reservados pelo e-mail [email protected]