Após ser cenário do filme “Era o Hotel Cambridge” (2016), o edifício abandonado no centro de São Paulo – que se transformou em moradia para sem-tetos e refugiados – agora é tema do espetáculo Siete Grande Hotel: A Sociedade das Portas Fechadas, do Grupo Redimunho de Investigação Teatral.

Créditos: Katia Kuwabara/Divulgação

'Siete Grande Hotel' leva o público a um passeio pelos porões do antigo Hotel Cambridge, no centro de São Paulo

Com sessões aos domingos, às 19h, e segundas, às 20h, a peça se passa nos porões do edifício. Em cartaz até 18 de dezembro, os ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada).

A montagem começa no Espaço Redimunho de Teatro, no Anhangabaú, e leva o público pelos porões do Hotel Cambridge, narrando histórias de sete personagens cujas vidas se cruzam naquele labirinto subterrâneo.

Temas como a guerra, o exílio e a luta por moradia aproximam a peça da história do próprio edifício e do filme que o destacou no ano passado. Beleza e esperança também permeiam o texto da peça, assinada e dirigida por Rudifran Pompeu.

Além das questões sociopolíticas, a peça questiona também a passividade de uma sociedade que, mesmo ciente da angústia do outro, continua sem tomar atitudes.

Imagem Autor

A SP Escola de Teatro é um equipamento cultural da Secretaria do Estado da Cultura e tem por atribuições a formação profissional na arte teatral.

+ posts do autor

Siete Grande Hotel: A Sociedade das Portas Fechadas

10 Set
a
18 Dez

De 10/09 a 18/12:  Domingos às 19:00 Segundas às 20:00

Espaço Redimunho de Teatro
Rua Álvaro de Carvalho, 75 Centro - Centro São Paulo - SP
Estação Anhangabaú (Metrô - Linha 3 Vermelha)
R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada) | R$ 5 (moradores do entorno)
Ingressos limitados. Reservas: (11) 9.7541.7077 | Duração: 120 minutos | Classificação indicativa: 14 anos