Ter bafo ao acordar é
normal?

É sim, relaxa! Acontece por conta da redução do fluxo de saliva durante o sono.

Mas se o odor persistir mesmo após o café da manhã e a escovação dos dentes, melhor buscar ajuda profissional. Pode ser um sinal de halitose, do tipo crônico.

A halitose não está sempre ligada a problemas estomacais. Entre 90 e 95% dos casos, o transtorno vem da cavidade bucal.

Apesar de existir mais de 40 causas para o mau hálito, a higiene bucal inadequada é a grande responsável por esse incômodo.

O que acontece quando não escovamos os dentes direito?

Restos de alimentos se acumulem entre os dentes, na língua e na gengiva. É bafo na certa.

O consumo excessivo de álcool, alguns medicamentos, estresse, ansiedade, sinusite são outros fatores que também comprometem o hálito.

De acordo com a Associação Brasileira de Pesquisas dos Odores Bucais, quatro em cada dez pessoas sofrem de mau hálito.

Mas olha, é possível amenizar o cheiro ruim na boca pela manhã com alguns hábitos e mudanças na alimentação!

Beber dois litros de água por dia

Além de dar aquela hidratada no organismo e ajudar no processo de digestão, também evita o ressecamento da boca e afasta a halitose.

Comer de três em três horas

O jejum prolongado também pode acabar provocando um odor indesejado na boca. Mas na hora de comer, evite comidas muito salgadas, quentes ou condimentadas.

Alimentos como alho, cebola, carne vermelha, frituras e refrigerantes podem piorar a situação.

Os aliados contra a halitose

O consumo de comidas fibrosas (cereais e frutas), como maçã e cenoura, ajudam na limpeza entre os dentes e evitam o acúmulo de resíduos.

E caprichar sempre na escovação após cada uma dessas refeições. ;)

Não esquecer de passar o fio dental e também limpar a língua com um limpador adequado.

Produção Thamyres Donadio Textos Tamiris Gomes