Fisioterapia respiratória

A especialidade da fisioterapia que atua na reabilitação do sistema respiratório

Trata-se ​de um conjunto de técnicas manuais, preventivas ou curativas, com o objetivo de mobilizar secreções, melhorar a capacidade pulmonar, reeducar a função respiratória e prevenir complicações.

Técnicas que beneficiam pacientes com diagnóstico de asma, bronquiolite, pneumonias, doenças oncológicas, entre outras.

Os exercícios para fortalecer a musculatura respiratória também auxiliam no tratamento da covid-19, especificamente em pessoas do grupo de risco.

Um exemplo de exercício desse tipo: na inspiração, a pessoa levanta os braços ou abre os braços. Na expiração, os braços se recolhem.

Já outro exercício sugere uma inspiração sustentada: a pessoa inspira abrindo os braços, segura por 10 segundos ou até quando conseguir, e então solta o ar.

Um terceiro exercício é o de inspiração fracionada: inspirar um pouquinho, segurar; inspirar mais um pouco, e segurar; depois inspirar bastante e soltar. Tudo isso mexendo os braços.

Vale lembrar que para os pacientes crônicos existem aparelhos próprios que ajudam no fortalecimento da musculatura pulmonar.

A função desses aparelhos é trazer exercícios específicos para alongar a musculatura respiratória, ensinando a respirar de forma adequada e a identificar músculos fracos.

Produção Thamyres Donadio Textos Tamiris Gomes

Fontes Hospital Israelita Albert Einstein Agência Brasil