Últimas notícias:

Loading...

7 destinos para viajar de carro gastando pouco

Os destinos que oferecem um maior contato com a natureza são os que estão em alta

Ouça este conteúdo

Depois de um ano de muitas dificuldades, muita gente está sonhando com a próxima viagem. Seja para aproveitar um fim de semana com a família ou mesmo as tão sonhadas férias adiadas por conta da pandemia

Neste momento, a prioridade é manter o distanciamento e seguir os protocolos de higienização até   que grande parte da população seja vacinada contra à covid-19. Mas se precisar viajar, saiba que dá para economizar sem abrir mão dos prazeres que só uma viagem pode nos proporcionar.

Itu viajar carro
Crédito: Mariordo Mario Roberto Duran Ortiz /Wikemida CommonsOrelhão gigante no praça central de Itu. A cidade é conhecida pelos exageros

É possível conhecer novos lugares gastando pouco.  O Brasil é imenso e a lista de destinos incríveis com paisagens de tirar o fôlego que agrada os diferentes estilos de turistas é imensa.

Os destinos que oferecem um maior contato com a natureza são os que estão em alta. Confira abaixo alguns lugares para conhecer gastando pouco, mas sem abrir mão do conforto. Tem opções para quem mora em São Paulo, Rio de Janeiro ou Belo Horizonte,

Para quem mora em São Paulo

As viagens de carro para destinos próximos estão em alta e são as mais recomendadas em tempos de pandemia. Uma sugestão é a cidade de Itu, no interior paulista.

A cidade, que fica a cerca de 100 km da capital, é conhecida popularmente por seus exageros. Então imaginem a diversão de chegar no local e se deparar com vários objetos de uso cotidiano enormes, como um orelhão, por exemplo.

Mas Itu vai além dessa extravagância é respira história. Na cidade é possível visitar várias igrejas como a de Nossa Senhora da Candelária, localizada na Praça da Matriz, ou conhecer o Museu Republicano onde aconteceu a primeira convenção republicana do Brasil.

viajar trem
Crédito: Divulgação/Prefeitura de Itu/Direitos ReservadosO Trem Republicano, que ligas as cidades de Itu e Salto

Outra atração que merece ser visitada é o Parque Geológico do Varvito, construído numa área de 44.346 m2 onde antes funcionava uma antiga pedreira.

Patrimônio tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turismo do Estado de São Paulo), o parque recebeu o nome utilizado pelos geólogos para dominar um tipo de rocha sedimentar única, formada pela sucessão repetitiva de lâminas ou camadas, cada uma delas depositada durante o intervalo de um ano.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


O Varvito de Itu é a mais importante exposição conhecida desse tipo de rocha na América do Sul. Em termos geológicos, o parque faz parte de um pacote de rochas sedimentares que contêm evidências de uma extensa idade glacial, há 280 milhões de anos, quando um enorme manto ou lençol de gelo cobriu a região sudeste da América do Sul.

Onde se hospedar

Uma dica é se hospedar no Samba Itu Hotel Fazenda, que oferece estrutura de lazer completa –piscinas, salão de jogos, brinquedoteca m entre outras atividades– em meio à uma ampla área verde, ideal em tempos de pandemia.

Crédito: Terassan Fotografia/DivulgaçãoUma das piscinas do Samba Itu Hotel Fazenda, em Itu, no interior de SP

O hotel é ideal para quem viaja em família e conta com quartos amplos e recreação infantil aos finais de semana.

Rio de Janeiro (RJ)

Ao contrário do que muita gente pensa, é possível, conhecer o Rio de Janeiro sem gastar muito, a começar pelas várias praias famosas que dispensam apresentações.

Parque Lage, no Rio de Janeiro
Crédito: Caio Vinícius Costa/ Wikimedia CommonsO lindo jardim de estilo romântico europeu do Parque Lage foi projetado em 1840 pelo paisagista inglês John Tyndale

O Rio de Janeiro também tem vários pontos turísticos como a Escadaria Selarón, os Arcos da Lapa e o Parque Lage, onde não é preciso pagar nada para conhecer e valem a pena a visita. Uma caminhada pela Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos cartões postais da capital fluminense, é uma excelente pedida.

Crédito: DivulgaçãoUma das suítes do Samba Rio Convention Suites

Para aqueles que querem aproveitar um tempo na natureza, a dica é a trilha da Pedra Bonita, local que proporciona uma vista incrível da Cidade Maravilhosa.

Cabo Frio (RJ)

Este pequeno paraíso fica a cerca de 160 km (2h40) o Rio de Janeiro. Cabo Frio tem várias praias de águas cristalinas e areias brancas como a praia do Forte, a principal da cidade.

Praia do Forte, em Cabo Frio
Crédito: Divulgação/Cabo Frio Convention @ Visitors BureauPraia do Forte, em Cabo Frio (RJ); cidade é um dos destinos mais buscados para viajar em 2021

A praia das Conchas tem um mirante com uma vista deslumbrante. Ainda é possível ir até a estonteante Ilha do Japonês e conferir as belezas do local. O Morro da Guia e o Forte São Matheus também são lugares que vale a pena incluir no roteiro.

Angra dos Reis (RJ)

Angra dos Reis é composta por 365 ilhas, só aí já dá para imaginar a quantidade de belezas que podem ser encontradas por lá.

praia do Aventureiro, Ilha Grande
Crédito: Divulgação/VisitBrasilA praia do Aventureiro, com 600 m de extensão de águas mornas e transparentes em mar aberto, tem a maior concentração de campings da Ilha

Algumas das mais famosas são as Ilhas de Cataguás, Grande, Botinas, Gipóia e a Lagoa Azul. Passeios de barco e um mergulho nas águas claras deste paraíso, são atividades praticamente indispensáveis. E para conhecer a história, o Centro Histórico da cidade pode ser incluído no passeio.

Búzios (RJ)

Essa outra cidade da região dos Lagos do Rio de Janeiro é um popular destino para as férias. Algumas das praias mais conhecidas e bonitas de Búzios são a dos Ossos e a da Armação.

Crédito: Thiago Freitas/MTurA orla de Búzios, no Rio de Janeiro

O Porto da Barra reúne vários bares e restaurantes e é uma das melhores vistas de Búzios ao pôr do sol.

Macaé (RJ)

Macaé é a perfeita combinação para quem procura um descanso na praia e contato com a natureza. A cidade  é ideal para viajar de carro e repleta de cachoeiras, lagos e áreas vegetativas. Na praia do Pecado é possível aproveitar as ondas, enquanto no arquipélago de Sant’ana os turistas desfrutam de uma área mais deserta com paisagens espetaculares.

A região serrana de Macaé possui cachoeiras como as das Andorinhas e Sete Quedas, além de rios e um mirante onde é possível avistar parte da Mata Atlântica e toda a cidade.

Belo Horizonte (MG)

Belo Horizonte não tem praia, mas a capital mineira não perde seu encanto por isso. Há várias belas praças e passeios ao ar livre, além de inúmeras opções para experimentar a deliciosa culinária mineira.

Crédito: Roberto Delamora/iStockA famosa raça da Liberdade, em Belo Horizonte

A Praça da Liberdade é uma opção a se considerar para incluir na de pontos turísticos, assim como o Parque Municipal e o Parque das Mangabeiras, que possui um mirante com uma vista privilegiada.

Outro ponto turístico imperdível é a Igreja de São Francisco de Assis projetada por Oscar Niemeyer, que fica na orla da belíssima Lagoa da Pampulha. Outro ponto indispensável, é o famoso Mercado Central, onde é possível embarcar em uma verdadeira viagem gastronômica.

Compartilhe: