Com fim do visto, Foz espera dobrar número de turistas dos EUA

No ano passado, 34.547 americanos visitaram o Parque Nacional do Iguaçu para conhecer as Cataratas

Por: Redação | Comunicar erro

Segundo destino brasileiro na preferência dos turistas estrangeiros, Foz do Iguaçu (PR) espera aumentar significativamente o número de visitantes norte-americanos com o fim do visto de entrada no Brasil.

A medida anunciada no mês passado pelo governo brasileiro também beneficia turistas do Canadá, Austrália e Japão.

Foz do Iguaçu
Crédito: Christian Rizzi/DivulgaçãoAs cataratas são uma das atrações de Foz do Iguaçu

A meta, de acordo com o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, é dobrar o número de turistas provenientes dos EUA até o final do ano.

No ano passado, 34.547 americanos visitaram o Parque Nacional do Iguaçu para conhecer as Cataratas, o que representa um crescimento de 47% em relação ao ano anterior, quando 23.342 estiveram no atrativo.

Foz do Iguaçu
Crédito: Christian Rizzi/DivulgaçãoNo ano passado, 34.547 americanos visitaram o Parque Nacional do Iguaçu

Em janeiro e fevereiro deste ano, o aumento foi ainda mais expressivo, de 74,8%: 9.547 americanos estiveram no parque, enquanto que nos dois primeiros meses do ano passado, 5.460 visitantes passaram pela unidade de conservação.

“Podemos chegar a 70 mil turistas americanos até o final deste ano e a 100 mil no próximo”, afirma o secretário.

O maior desafio, segundo ele, é garantir conectividade aérea para atender fluxo crescente de turistas dos EUA para Foz do Iguaçu.

Em alta

Dentre os demais países que tiveram o visto de entrada liberado, o Canadá registrou um crescimento de 46,7% em comparação com janeiro e fevereiro do ano passado.

Entre os japoneses, o aumento foi de 11%, e entre os australianos, de 4%. A distância e o custo das passagens aéreas impactaram na escolha dos viajantes desses dois países.

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …