Conheça o Cerrado, o segundo maior bioma brasileiro

Cerrado ocupa cerca de 22% do território nacional

Por: Eduardo Andreassi
Ouça este conteúdo

O Cerrado chama atenção pela sua diversidade. A estimativa é de que a grande savana brasileira abrigue cerca 10 mil espécies vegetais, mais de 800 espécies de aves e 160 de mamíferos –5% de toda a biodiversidade mundial. Importante reservatório hídrico, o bioma contém três das principais bacias hidrográficas sul-americanas – a do Tocantins-Araguaia, São Francisco e Prata.

Lar de pelo menos 20 milhões de brasileiros, o Cerrado tem sofrido as consequências da expansão do agronegócio. Atualmente, as estimativas são de que o bioma tenha uma área de aproximadamente 800 mil km² -quase a metade do que ocupava originalmente.

Cerrado
Crédito: Photographer:Eduardo AndreassiA vegetação do Cerrado, em Pirenópolis (GO)

Estudos apontam que a área de Cerrado hoje no Estado de São Paulo é de apenas 0,84%, bem inferior aos 14% que já teve. A agricultura sem planejamento e o desmatamento para criar áreas de pastagens são alguns dos motivos que ameaçam esse bioma.

Importância da vegetação e da fauna

A vegetação rasteira, recortada por árvores esparsas, de casca grossa e tronco retorcido é a imagem mais retratada do lugar. Mas o bioma é muito mais do que isso. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o Cerrado ocupa cerca de 22% do território nacional, abriga as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul (Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata), e é reconhecido como a savana mais rica do mundo em termos de biodiversidade.

Crédito: Eduardo AndreassiO cajuzinho, um dos frutos típicos do Cerrado

Porém, esse patrimônio está ameaçado pela agricultura e a pecuária, além da exploração de madeira para a produção de carvão. Estima-se que 20% das espécies nativas e endêmicas já não ocorram em áreas protegidas e que pelo menos 137 espécies de animais estão ameaçadas de extinção.

Crédito: Eduardo Andreassi O belo pôr do sol no Cerrado

Depois da Mata Atlântica, o Cerrado é o bioma brasileiro que mais sofreu alterações com a ocupação humana. No entanto, é o habitat que possui a menor porcentagem de áreas sobre proteção integral. É preciso ampliar as medidas de proteção ambiental para garantir sustentabilidade ao bioma e garantir a preservação da savana brasileira.

Ameaças ao Cerrado

Nesta época do ano, os focos de incêndio se alastram e ameaçam a biodiversidade, a infraestrutura e a saúde dos 20 milhões de habitantes da região, presente em 11 estados, com área que abrange quase 24% do território nacional.

Cerrado
Crédito: Eduardo AndreassiCânion da Carioca, no município de Goiás (GO)

Um exemplo bem típico dessa vegetação é o Parque Nacional das Emas, considerado patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

O bioma cerrado ainda ocorre em diversos estados do Brasil, como Centro-Oeste (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás), mas ele está também em Tocantins, Minas Gerais, Bahia, Piauí e Maranhão. Existem ainda áreas de cerrado no Ceará, Pará, Amazonas, Rondônia, Roraima, Amapá e até em São Paulo.

Compartilhe: