CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Gol cancela todos voos internacionais por conta do coronavírus

Além de cortar os voos internacionais, a Gol também vai reduzir a oferta de voos domésticos entre 50% e 60% até meados de junho

Por: Redação

A companhia aérea Gol anunciou nesta terça-feira, 17, o cancelamento de todas os voos internacionais até o fim de junho, incluindo destinos de América do Sul, Estados Unidos e México, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A medida, segundo a empresa, tem como objetivo “garantir a segurança de clientes e colaboradores” e “adequar as operações ao novo cenário da demanda por transporte aéreo”.

Crédito: Rovena Rosa/Agência BrasilA Gol cancelou todos voos internacionais por conta do coronavírus; a medida vale a partir do dia 23 de março

Para a Argentina, a empresa começou a cortar voos no último dia 14. Os últimos voos serão entre Rio de Janeiro e Córdoba e Rosário, em 22 de março. Para os Estados Unidos, os últimos de Brasília e Fortaleza para Orlando, saem dia 20, mesmo dia da última operação para o México.

A empresa não informou a estimativa de passageiros afetados pela decisão.

Ontem, a Gol havia informado a decisão de cortar operações internacionais entre 90% e 95% da capacidade até meados de junho.

Além de cortar os voos internacionais, a Gol também vai reduzir a oferta de voos domésticos entre 50% e 60% até meados de junho.



Azul, Latam, MAP e Voepass

As companhias aéreas Azul e Latam também anunciaram redução no número de voos nacionais e internacionais já a partir desta semana. A MAP e a Voepass Linhas Aéreas  suspenderam temporariamente suas operações.

A Azul cancelou desde ontem todos os voos internacionais, exceto os que partem do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Nos trechos domésticos a empresa vai reduzir a frequência de voos.

Clientes com viagens marcadas com destino de/para Lisboa ou Porto, Estados Unidos e América do Sul poderão alterar ou cancelar seus voos. Saiba mais aqui.

Já os passageiros de voos domésticos com embarque previsto até 31 de maio podem cancelar a reserva sem custo, deixando o valor como crédito para compras futuras (com validade de um ano a contar da data da emissão do bilhete cancelado).

Os passageiros também poderão alterar a viagem sem incidência de taxas –desde que o novo voo seja realizado até 31 de maio. As mudanças podem ser conferidas no site da companhia aérea, que também tem informado sobre alterações por e-mail e SMS.

A Latam afirmou que os voos internacionais serão reduzidos em 90%, enquanto os domésticos terão diminuição de 40%, seguindo-se ao fechamento de fronteiras em vários países e a subsequente queda na demanda.

A companhia informou que todos os passageiros com voos nacionais ou internacionais afetados poderão reprogramar seus voos até 31 de dezembro, sem custo adicional.

A empresa explicou ainda que seus canais de atendimento estão recebendo um grande número de consultas. Para poder se concentrar nos passageiros com casos mais urgentes, a Latam pediu que os clientes não liguem mais de 72 horas antes do voo.

A MAP e a Voepass suspenderam todas as operações regulares por tempo indeterminado.

A MAP irá manter apenas um contrato de fretamento no Norte do país. A previsão é que, na primeira quinzena de junho, se inicie o processo de retomada das operações.

American Airlines. TAP e JetSMART

No último domingo, 15, a companhia American Airlines suspendeu as operações no Brasil.  Todos os voos entre Estados Unidos e Brasil foram cancelados até o dia 6 de maio.

A medida é uma “resposta à redução da demanda e mudanças nas restrições de viagem imposta pelo governo Donald Trump devido à pandemia de coronavírus.

A portuguesa TAP vai reduzir temporariamente a sua operação para o Brasil para quatro voos semanais, sendo três voos semanais Lisboa – São Paulo e um voo semanal Lisboa – Rio de Janeiro, entre os dias 23 de março e 19 de abril.

Com isso, toda a operação da TAP para o restante do Brasil –Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Fortaleza, Recife, Natal e Belém– fica suspensa até que as restrições sejam revistas pelas autoridades da europeias e brasileiras.

Os passageiros afetados pelos cancelamentos de voos neste período, poderão ir ao site refunds.flytap.com para obter o seu voucher no valor pago pela aquisição do bilhete, para que possam decidir tranquilamente a melhor época para viajar futuramente.

Este voucher permite viajar no prazo de um ano para qualquer destino operado pela TAP, reservando em www.flytap.com, sem necessidade de realizar contato com o Contact Center.

A chilena JetSMART também decidiu reduzir em 70% a oferta de voos domésticos, e a totalidade de seus voos internacionais, com exceção do mínimo necessário para poder apoiar a repatriação de pessoas, tanto no Chile, como na Argentina, Colômbia e Peru.

Clientes com passagens em voos nacionais e internacionais para voar até 31 de março poderão alterar data e/ou destino sem custo, de acordo com as datas de viagem, independentemente de quando comprou sua passagem. Outra opção é receber um voucher no mesmo valor da compra, que poderá ser usado em qualquer destino e data até 31 de dezembro.

Para agilizar o processo, a JetSMART iniciou um processo online em seu site onde o passageiro pode fazer a gestão de sua alteração ou pedir seu voucher usando seu número de reserva.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.