Governo suspende reajuste de ingressos de parque nacionais

Novos valores, entretanto, poderão ser cobrados em parque concedidos

Por: Agência Brasil
Ouça este conteúdo

O governo federal suspendeu por seis meses o reajuste nos valores dos ingressos de serviços e atividades das unidades de conservação federais. A portaria do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) foi publicada nesta segunda-feira, 19, no Diário Oficial da União.

Na semana passada, o ICMBio havia atualizado a tabela de cobrança dos ingressos, medida agora revista em razão da pandemia de covid-19. Entretanto, os reajustes poderão ser aplicados no caso de parques concedidos, como o Parque Nacional do Iguaçu, por exemplo, quando os serviços de visitação estão a cargo de empresas privadas.

parques nacionais
Crédito: Divulgação/Setur MaranhãoNovos valores, entretanto, poderão ser cobrados em alguns parques nacionais concedidos

De acordo com a portaria publicada hoje, nesse caso, a concessionária poderá optar por não aplicar o reajuste, desde que tal medida não justifique futuro pedido de reequilíbrio econômico-financeiro do respectivo contrato de concessão. Os novos valores poderão ser cobrados a partir de 1º de novembro.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Parques nacionais

O Brasil conta com 71 parques nacionais que atuam como unidades de conservação de proteção integral da natureza. Além do objetivo primário de conservação, essas áreas também promovem a aproximação com a natureza, que traz diversos benefícios para a sociedade.

Quase todos os biomas brasileiros possuem parques nacionais: 24 na Mata Atlântica, 20 na Amazônia, 15 no Cerrado, 8 na Caatinga, 3 no bioma marinho e 1 no Pantanal.

Apenas os Pampas Gaúchos não têm parque nacional.

Compartilhe: