Hotel-boutique em SP lança serviço de room-offices

Diferente do coworking, hotel-boutique em Pinheiros oferece salas exclusivas e independentes

Por: Redação

Afetada diretamente pela pandemia do novo coronavírus, a rede hoteleira tem buscado alternativas para amenizar os efeitos da crise. Em São Paulo, o Guest Urban Hotel resolveu transformar seus quartos em “room-offices”. A iniciativa é ideal para quem precisa de mais privacidade e tranquilidade para trabalhar.

“Com a pandemia e a queda abrupta da ocupação para 0%, começamos a pensar em possibilidades viáveis para este período. Foi aí que a intenção de criar os room-offices surgiu. A maioria dos coworkings foram estruturados com a proposta de trabalho compartilhado. A nosso ideia é, justamente, o contrário disso”,  conta Demian Figueiredo, um dos sócios do hotel.

Crédito: DivulgaçãoUma das suítes do Guest Urban Hotel transformadas em “room-offices”

Entre a ideia inicial, os estudos preliminares e a concretização desse novo serviço foram 50 dias de obras e readequações do hotel-boutique localizado em Pinheiros, na zona oeste da capital.

Das 14 suítes originais, quatro passaram por reformas para acolherem os room-offices, todos com entrada e vista para o jardim da parte do fundo do imóvel, onde se localiza uma das áreas mais charmosas da propriedade, o deck.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


“Dessa forma, a circulação do público acontecerá em ambientes independentes, pois a hospedagem ocorrerá exclusivamente na casa principal”, explica Figueiredo.

Protocolos de higienização dos room-offices

Os rooms-office foram adequados aos protocolos de limpeza impostos pela covid-19. Todas as salas são esterilizadas com lâmpada UV e oferecem acesso independente da recepção e das suítes.

Crédito: DivulgaçãoDetalhe de um dos “room-offices” do Guest Urban Hotel

Cada espaço tem 13 m² e conta com banheiro privativo, escrivaninha com uma gaveta, cadeira giratória, poltrona, mesa de apoio para notebook, kit ergonomia, luminária de mesa, duas redes independentes de wi-fi de alta velocidade, ar-condicionado, TV a cabo, frigobar, cafeteira e cofre.

As reservas dos escritórios podem ser feitas por telefone, Whatsapp ou e-mail (reservas para hospedagem seguem on-line no site do hotel).

Para maior segurança, o cliente dos escritórios será cadastrado da mesma forma que um hóspede, tendo que mostrar seu documento de identificação, fornecer uma informação de contato e apresentar um cartão de crédito válido.

Face aos protocolos de segurança, higiene e sanitização adotados, a entrada do cliente será permitida somente de máscara e após aferição de temperatura.

O hotel também disponibiliza luvas, máscaras e dispensers de álcool em gel, além de sabonete em barra e amenities.

A locação custa a partir de R$ 129/hora (mínimo de 2 horas). Já a diária sai por R$ 289. O hotel também oferece opções de locação semanal (R$ 989), quinzenal (R$ 1.490) e mensal (R$ 2.099).