Fechado há 6 meses, Inhotim divulga data de reabertura

Com as atividades suspensas desde 18 de março, Inhotim foi uma das primeiras instituições culturais a decidir pelo fechamento temporário

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Fechado há mais de seis em função da pandemia de Covid-19, o Instituto Inhotim reabrirá as portas ao público no dia 7 de novembro, com novas dinâmicas de funcionamento.

Com as atividades suspensa desde 18 de março, o Inhotim foi uma das primeiras instituições culturais a decidir pelo fechamento temporário, em cuidado com a saúde de funcionários, visitantes e moradores de Brumadinho.

Também reforçando as precauções sanitárias, mesmo antes de definir a data de reabertura, a instituição começou a implantar, em agosto, um protocolo de segurança em todas as instalações.

inhotim reabertura
Instituto Inhotim, em Brumadinho

Cultura ao ar livre

A decisão de reabrir aconteceu após as definições das autoridades de saúde e de órgãos de governo, que já haviam autorizado o funcionamento de espaços culturais públicos. No entanto, a direção do Inhotim alerta que a data de 7 de novembro poderá ser revista, caso haja alertas sobre o risco de surtos de contaminação na região.

“As pessoas estão ansiosas pela nossa volta e precisando mais do que nunca do Inhotim. Temos a peculiaridade de sermos, além de museu e centro cultural, um jardim botânico cujos espaços ao ar livre nos dão uma segurança maior para receber o público. Mesmo assim, reavaliaremos a decisão em caso de retrocesso dos protocolos das autoridades”, explica Antonio Grassi, diretor-presidente do Instituto.