Instituto Inhotim, em Brumadinho, adia reabertura ao público

Tragédia com rompimento de barragem de rejeitos da Vale deixou 84 mortos e mais de 260 desaparecidos

Por: Redação | Comunicar erro

O Instituto Inhotim, localizado em Brumadinho (MG), informou na tarde desta quarta-feira (30) que continuará fechado. A reabertura do maior centro de arte a céu aberto da América Latina estava programada para a próxima sexta-feira (1º). Ainda não há uma nova data definida.

Os visitantes foram retirados do instituto logo após o rompimento da barragem da Vale, na última sexta-feira (25), e encontra-se fechado desde então.

Inhotim
Crédito: Roberto Castro/MTurUma das obras do acervo permanente do Instituto Inhotim, em Brumadinho

Em nota publicada nas redes sociais, o Instituto Inhotim informa que está acompanhando de perto os desdobramentos do desastre e que está mobilizado para prestar apoio à comunidade e aos atingidos.

“A tragédia provocou impactos diretos no instituto, uma vez que, dos cerca de 600 funcionários que emprega, 80% moram na região. Desses, 41 têm familiares próximos desaparecidos ou com óbito declarado, e os demais procuram por amigos e pessoas conhecidas”, diz o texto.

INSTITUTO INHOTIM ADIA DATA DE REABERTURA Diante da triste tragédia que assola toda a região de Brumadinho/MG desde o…

Posted by Inhotim on Wednesday, January 30, 2019

Ainda de acordo com o comunicado, uma nova data de reabertura será informada quando o instituto encontrar o momento propício para receber novos visitantes.

Inhotim
Crédito: Divulgação Ao todo são cerca de 1.200 obras de 85 artistas de diversas partes do mundo espalhadas num espaço de quase 800 hectares

“Sendo uma instituição referência na região e entendendo que o desastre deixará marcas profundas e duradouras, o Inhotim está ciente que terá um papel crucial na recuperação de uma cidade abalada nos próximos anos. Cultura, arte, meio ambiente e educação são fundamentais para o desenvolvimento humano e da sociedade e continuarão sendo ponto de partida para a definição de ações futuras”, acrescenta.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …