Últimas notícias:

Loading...

Itapemirim suspende operações e deixa passageiros sem voos

Diversos passageiros da empresa ficaram sem ter como voar no aeroporto de Guarulhos (SP)

Por: Redação

A companhia aérea ITA, do Grupo Itapemirim, suspendeu “temporariamente” todas as operações na noite desta sexta-feira, 17, deixando muitos passageiros sem voos.

Em nota, a empresa diz que a paralisação ocorreu por conta de uma “reestruturação interna”.

Itapemirim
Crédito: Divulgação/ItapemirimItapemirim suspende operações e deixa passageiros sem voos

“A decisão foi tomada por necessidade de ajustes operacionais. A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) já foi informada da decisão”, disse a nota.

A companhia lamentou os transtornos causados e afirmou que irá continuar prestando toda assistência aos passageiros impactados, mas não deu mais detalhes. No comunicado, a ITA orienta os passageiros que têm  viagens programadas para os próximos dias que entrem em contato pelo e-mail [email protected]. A Anac ainda não se pronunciou sobre o caso.

Segundo reportagem do UOL, no início da noite, cerca de cem passageiros da empresa ficaram sem ter como voar no aeroporto de Guarulhos (SP). Não há mais funcionários que representam a companhia para fazer o atendimento

Lançada em junho deste ano, a companhia aérea Itapemirim vem enfrentando problemas com a falta de pagamento de fornecedores nos últimos meses.

Lançada em junho deste ano, a companhia aérea Itapemirim vem enfrentando diversos problemas
Crédito: Gustavo Aguiar/Wikimedia CommonsLançada em junho deste ano, a companhia aérea Itapemirim vem enfrentando diversos problemas

A Itapemirim tem atualmente seis aeronaves do modelo Airbus A320, sendo que nas últimas semanas duas estavam fora da malha da companhia aérea.

Como resultado, diversos voos estavam operando com atrasos, ou até mesmo sendo cancelados, causando transtornos aos passageiros.

A empresa opera voos regulares em São Paulo-Guarulhos (SP), Brasília (DF), Belo Horizonte-Confins (MG), Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Maceió (AL), Natal (RN), Rio de Janeiro-Galeão (RJ), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA) e Recife (PE) e Salvador (BA).

Compartilhe:

?>