Últimas notícias:

Loading...

Jardim Botânico de Curitiba reabre com cuidados redobrados

Com nível de alerta na bandeira amarela, capital paranaense reabre parques após seis meses de fechado por conta da pandemia

Por: Carolina Glogovchan

Após ficar seis meses fechado devido à pandemia do novo coronavírus, o Jardim Botânico, um dos principais pontos turísticos de Curitiba, foi reaberto ao público no final de setembro – coincidindo com os primeiros dias de primavera. Além dele, outros espaços públicos também retornaram ao funcionamento, como o Passeio Público, o Bosque do Alemão, o Bosque do Papa e o Bosque da Fazendinha.

Os parques da região ainda estavam com restrição de acesso desde o início da pandemia. No entanto, o nível de alerta ao coronavírus foi para a bandeira amarela, possibilitando a reabertura.

Jardim Botânico de Curitiba
Crédito: VanessaBarcia/iStockJardim Botânico, um dos pontos turísticos mais visitados de Curitiba

O Jardim Botânico, especificamente, funcionará com limite máximo de 3 mil pessoas –sendo controlado pela Guarda Municipal– e ficará aberto das 6h às 18h. O uso de álcool gel e máscara de proteção facial também são imprescindíveis para a visita ser realizada com segurança e tranquilidade.

Para receber o público novamente, o Parque está com 80 mil novas flores, entre petúnias e bocas de leão na cor rosa.

O que conhecer no Jardim Botânico?

Com uma área de 178 mil m² e cerca de 40% da área formada por um bosque de preservação permanente, o Jardim Botânico vai muito além de um parque. É, na realidade, uma unidade de conservação intitulada de “Jardim Botânico Francisca Maria Garfunkel Rischbieter” –em homenagem à pioneira do urbanismo na capital paranaense.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Por sua dimensão e importância, o Jardim Botânico é conhecido como um dos cartões-postais de Curitiba, tendo internamente diversas atrações imperdíveis tanto para turistas quanto para visitantes locais. Veja abaixo dois destaques:

A famosa estufa

Ponto ideal para as fotos típicas do Jardim Botânico e um dos maiores destaques do local, a estufa possui 458 m² e é feita em vidro e ferro, sendo inspirada em um palácio de Cristal inglês, do século 19.

Jardim Botânico
Crédito: DivulgaçãoInterior da famosa estufa do Jardim Botânico de Curitiba

Internamente, a estufa possui centenas de amostras de espécies nativas da Floresta Atlântica do Brasil, possibilitando aos visitantes conhecer e se encantar por diversas espécies. Na entrada da estufa, há uma estátua em homenagem ao Dia Mundial do Habitat.

Jardim Francês

Por ter sido planejado simetricamente, o Jardim Francês é fotogênico assim como a estufa e está localizado na frente dela,  proporcionando um contraste incrível ao local, parecendo um tapete de entrada até a estufa.

Jardim Botânico
Crédito: DivulgaçãoJardim Francês é fotogênico assim como a estufa e está localizado na frente del

Um fato curioso é que o jardim foi feito em formato geométrico justamente para lembrar a bandeira da cidade. E próximo a ele, existem fontes, chafarizes e uma estátua intitulada como “Amor Materno”, feita por João Zaco –artista polonês.

Compartilhe: