Últimas notícias:

Loading...

Monte Verde (MG) investe no maior Natal de sua história

O evento segue até 3 de janeiro e será o maior já realizado no distrito mineiro

Por: Eduardo Andreassi
Ouça este conteúdo

No ano em que completa 70 anos, o vilarejo de Monte Verde, distrito de Camanducaia, no sul de Minas Gerais, prepara a maior celebração natalina de sua história.

O evento segue até 3 de janeiro e será o maior já realizado no distrito em termos de investimento, cerca de R$ 1 milhão, e duração. A vila já recebeu 48 mil turistas durante o período de retorno das atividades e foi considerado pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, como exemplo nacional de retomada segura durante a pandemia.

Monte Verde
Crédito: DivulgaçãoNatal de Monte Verde terá duração de três meses e receberá aporte de R$ 1 milhão

“Cada uma das atrações foi pensada para encantar, mas com mobilidade para evitar aglomerações e respeito ao distanciamento. Fizemos o estudo da capacidade de público, uso de equipamentos de proteção e disponibilização de insumos para higienização e biossegurança”, explica Rebecca Wagner, presidente da MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região).


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Entre as atrações estão: Despertar das Luzes (desfile de personagens, com “Verner, O Maquinista da Luz”, que remete ao fundador do distrito); Caravana Encantada (carro iluminado e repleto de personagens natalinos que percorrerá as ruas do distrito e de Camanducaia); Cabana do Noel (nesse ano, sem contato físico com o Papai Noel, as crianças terão a oportunidade de enviar “cartinhas” ao bom velhinho que terá uma casinha própria na floresta e poderá ser “visitado” à distância) e Caminho dos Pinheiros (alameda com cerca de 40 pinheiros decorados e iluminados pelos moradores que “apadrinharão” cada uma das árvores).

Monte Verde
Crédito: DivulgaçãoRestaurante decorado em Monte Verde (MG)

A inspiração para o tema veio de uma das manifestações artísticas mais famosas de Monte Verde: a pintura Bauernmalerei (pronuncia-se Bauermalarrái), ou, simplesmente Bauer, que significa “Pintura de Camponês”.

Original da Alemanha, era praticada por camponeses que ficavam em resguardo durante os meses de inverno e, ao colorir o interior de suas casas (primordialmente na pintura de peças utilitárias e de decoração), faziam um contraponto à monotonia do branco da neve. Assim, os elementos natalinos ganharão personalidade e identidade únicas da região.

70 anos Monte Verde

Em 2020, Monte Verde completa 70 anos. Tudo começou com a vinda de duas famílias da Letônia: os GringBerg e os Kempis, que se uniram e foram os primeiros habitantes locais. Verner Grinberg, patriarca da família, será homenageado no Natal por meio do personagem “O Maquinista da Luz”.

Monte Verde
Crédito: Eduardo AndreassiMonte Verde é um dos destinos mais badalados do sul de Minas Gerais

Ele foi o responsável por notar o potencial turístico do distrito e chegou a buscar pessoas em São Paulo para visitarem a vila. Hoje, Monte Verde é habitado por 5 mil pessoas e ficou na lista dos 10 lugares mais acolhedores do mundo, segundo o Traveller Review Awards 2020, prêmio realizado pela Booking.com.

No ano passado, mais de 500 mil turistas passaram pelo distrito, sendo 60% na alta temporada (entre maio e agosto), segundo dados da Prefeitura de Camanducaia.

Monte Verde pós-pandemia

Desde 4 de junho, os mais de 150 hotéis e pousadas de Monte Verde e região voltaram a operar. Atualmente, de acordo com o novo decreto da Prefeitura de Camanducaia, publicado em 13 de outubro, as hospedagens podem receber 70% da capacidade total de unidades habitacionais, respeitando, assim, o período em que a cidade permanecerá em “alerta” para os casos de covid-19. Áreas de lazer, como piscinas, saunas, quadras esportivas e playground também foram reabertas.

Compartilhe: