Últimas notícias:

Loading...

O turismo pós-pandemia será ao ar livre

O turista deve viajar menos e procurar experiências sob medida

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O setor de turismo está entre os mais impactados pelo novo coronavírus. No Brasil o prejuízo acumulado até abril era de R$62 bilhões, segundo a projeção da CNC (Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

A pandemia trouxe mudanças no comportamento humano, como a priorização de saúde e segurança, e com os viajantes não será diferente.

pandemia
Crédito: DivulgaçãoO turismo pós-pandemia será ao ar livre

Para Flávia Vitorino, sócia da plataforma Lyfx, será a vez de novos modelos de viagens, com aventuras outdoor. O turista deve viajar menos e procurar experiências sob medida, que fogem do lugar comum oferecido pelas agências de viagens, segundo ela.

“Acredito que teremos um perfil de viajante que buscarão experiências que vão muito além do resort e da Torre Eiffel. Eles terão a necessidade de sentirem-se emocionalmente ligados ao destino e neste caso, o valor para turismo de paisagem e natureza poderá aumentar”, diz a Flávia.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


O turismo de luxo não será mais ligado à ostentação e sim a experiências únicas que envolvem o bem-estar físico e mental, prevê.

Uma alternativa para os viajantes planejarem seus destinos após o fim da quarentena é a plataforma Lyfx, que promove o encontro entre aventureiros e guias e especialistas e agências locais.

O aplicativo, sucesso nos Estados Unidos, conta com mais de 20 categorias de aventuras outdoors, como hiking, trekking, ciclismo, esportes aquáticos e de neve.

A Lyfx conta com cerca de 165 mil usuários no cenário mundial e está dando os primeiros passos aqui no Brasil, com cerca de 10 mil usuários. Com ele, o turista pode ter uma relação pessoal com o guia e a cultura local, além de ter acesso a comentários de outras pessoas que passaram pelo mesmo destino.

“O Brasil é riquíssimo em belezas naturais e nosso objetivo é fazer com que a Lyfx promova esse encontro dos brasileiros com a natureza através de guias locais e agências. Um planejamento rápido que experimenta um mergulho profundo na aventura e cultura local”, comenta Flávia.

Compartilhe: