Últimas notícias:

Loading...

Parque dos Lençóis Maranhenses é candidato a patrimônio mundial

Região abriga rara beleza natural e espécies importantes, critérios exigidos para o reconhecimento internacional

Por: Redação

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses pode ser declarado Patrimônio Mundial Natural pela Unesco em 2020. O governo brasileiro enviou na semana passada um dossiê com a candidatura à sede do órgão em Paris,

O documento defende que o parque cumpre pelo menos três requisitos exigidos pela Unesco para ser declarado como patrimônio mundial: é uma área de beleza natural excepcional, detentora de processos geológicos significativos e ainda importante para a conservação da biodiversidade. Pelas regras da instituição, é preciso que o candidato cumpra apenas um dos requisitos.

Crédito: Gilberto Soares/MMARegião os Lençóis Maranhenses abriga rara beleza natural e espécies importantes, critérios exigidos para o reconhecimento internacional

A avaliação da candidatura do Parque dos Lençóis será feita em 2020 porque no ano que vem a Unesco já vai debater outra candidatura brasileira, Paraty e Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, que disputam conjuntamente o título.

Atualmente, o Brasil tem 21 patrimônios mundiais reconhecidos pela Unesco e sete deles são também patrimônios naturais, como o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam as cataratas, e a Ilha de Fernando de Noronha.

Lençóis Maranhenses
Crédito: Biaman Prado/MTurBelezas naturais dos Lençóis Maranhenses podem se tornar Patrimônio Natural pela Unesco em 2020

O parque

O Parque Nacional dos Lençóis foi criado em 1981 e ocupa mais de 150 mil hectares no litoral do Maranhão e abrange três municípios: Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.

Entre as atrações turísticas do parque, destacam-se o Circuito da Lagoa Azul, Circuito da Lagoa Bonita, Lagoa da Esperança, Canto dos Lençóis, Foz do Rio Negro, Lagoa da Gaivota, Lagoa das Emendadas e Queimada dos Britos.

Mas engana-se quem acha que a região tem apenas dunas de areia branca e lagoas cheia de tons de azul e verde. A vegetação tem influência do Cerrado, da Caatinga e da Amazônia, por isso, também conta com restingas e manguezais.