Parque no Japão orienta visitante a não gritar em montanha-russa

A maioria dos parques temáticos no país foi reaberto. A utilização de máscara é obrigatória em todos

Por: Redação

Após meses fechados por causa da pandemia do novo coronavírus, os parques temáticos no Japão começam a reabrir com uma série de restrições.

Mas um dos parques têm chamado atenção dos visitantes com um pedido mais que inusitado para evitar a transmissão da covid-19.

Japão
Crédito: DivulgaçãoEm silêncio, dois executivos andam em montanha-russa do parque temático Fuji-Q Highland, no Japão

Além de verificação da temperatura corporal e uso de máscara, o o parque temático Fuji-Q Highland, em Tóquio (japão), pede para os visitantes mão gritarem quando estiverem na montanha-russa para evitar a transmissão do novo coronavírus. A orientação é que os visitantes “gritem com o coração”.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Visitantes não gostaram muito da orientação. Nas redes sociais muitos disseram que era impossível ficar quieto durante o passeio, principalmente a montanha-russa Fujiyama. O brinquedo que atinge velocidade de 130 km/h cai 70 metros em um determinando durante percurso de 2 km.

O parque divulgou um vídeo de dois executivos andando na montanha-russa em silêncio, pedindo que os frequentadores “segurassem os gritos” durante o passeio.

Apesar da orientação, o parque disse não vai punir quem descumprir os conselhos.

O parque ainda fez uma campanha para que as pessoas compartilhem fotos com a hashtag  #KeepASeriousFace (mantenha um rosto sério) e concorram a entradas grátis.

sintomas covid-19

Compartilhe: