Publicidade

Informar

Pomerode (SC) promove evento cervejeiro em setembro

Pomerode Bierfest acontece de 7 a 9 e terá 16 cervejarias regionais

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

Considerada a cidade mais alemã do Brasil, a catarinense Pomerode realiza entre os dias 7 e 9 de setembro a segunda edição da Pomerode Bierfest. Ao todo, 16 cervejarias do Vale Europeu (composto por 9 municípios) participam do evento que tem entrada gratuita.

A gastronomia não fica de fora e além dos pratos típicos da culinária germânica, opções que levam diferentes tipos de cerveja no preparo estarão disponíveis no cardápio.

Pomerode Bierfest acontece de 7 a 9 e terá 16 cervejarias regionais
Crédito: DivulgaçãoPomerode Bierfest acontece de 7 a 9 e terá 16 cervejarias regionais

Na programação, além de bandas e grupos folclóricos, a Pomerode Bierfest terá ainda várias ações de aproximação entre o público e o universo da cerveja artesanal.

A influência dos imigrantes alemães, que se instalaram na região em 1863, é visível nas casas construídas com a técnica enxaimel, caracterizada pelo entrelaçamento de tábuas de madeira. Há um circuito de 16 kn que passa por cerca de 50 casas no estilo –maior número de construções do estilo fora da Alemanha.

Vale Europeu

Portal de entrada de Pomerode; cidade tem o maior número de construções no estilo enxaimel fora da Alemanha
Crédito: Marinelson Almeida/Flickr/CC BY 2.0Portal de entrada de Pomerode; cidade tem o maior número de construções no estilo enxaimel fora da Alemanha

O Circuito do Vale Europeu, localizado no médio vale do Itajaí, é composto por nove municípios (Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio e Timbó).

A região possui belíssimas paisagens e uma natureza bem preservada, com muitas áreas de Mata Atlântica ainda intocadas. Nas partes mais altas há também as imponentes araucárias, típicas do Sul do Brasil. A presença da água é um dos destaques deste roteiro, além de ser uma das áreas com maior concentração de nascentes do país, são inúmeras cachoeiras, rios e riachos pelo caminho.

O circuito também é marcado pela presença marcante da cultura européia, que se manifesta fortemente nos hábitos e tradições da população. A imigração, inicialmente alemã, seguida da italiana, é visível em muitos aspectos, como na arquitetura, na gastronomia, na música, na cultura e nos esportes.

A região possui diversas opções de lazer e infra estrutura turística para a prática de esportes de aventura, turismo de compras e turismo gastronômico.

O acesso ao Vale Europeu é feito por rodovias estaduais ou federais (BR-470 e BR-101), por aeroportos (Navegantes, Joinville, Florianópolis e Curitiba) e até por portos (Itajaí e São Francisco do Sul).

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade