Roma é colírio para amantes de arquitetura e arte

Fundada em 753 a.C., capital italiana é muito mais do que uma cidade que preserva sua história

Por: Eduardo Andreassi | Comunicar erro

Com uma história de quase três mil anos, Roma tem tantas atrações e locais imperdíveis que citar apenas algumas delas torna-se uma verdadeira “injustiça”, tamanha a beleza e importância da cidade.

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiVista de Roma a partir do monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II

Citamos aqui apenas alguns deles, mas saibam que há muito mais a ser vivenciado nessa fascinante “Cidade Eterna”.

Coliseu

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiVista panorâmica do Coliseu, uma das atrações mais visitadas de Roma

Com quase 2,000 anos, é o maior e mais famoso símbolo do Império Romano. O Coliseu era um enorme anfiteatro reservado para combates entre gladiadores ou opondo esses guerreiros contra animais selvagens.

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiTuristas no interior do Coliseu, em Roma
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiColiseu impressiona pela sua majestosa e imponente construção
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiInterior do Coliseu, uma das atrações mais visitadas de Roma
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiVista panorâmica do Coliseu, uma das atrações mais visitadas de Roma
Coliseu e a parte subterrânea dele
Crédito: Eduardo AndreassiColiseu e a parte subterrânea dele

Os primeiros combates disputados para comemorar a conclusão do Coliseu duraram cerca de 100 dias e se estima que, só nesse período, centenas de gladiadores e cerca de 5 mil animais ferozes tombaram mortos em sua arena. Suas arquibancadas, construídas a partir de 3 metros do solo, acomodavam mais de 50 mil pessoas.

Piazza Venezia

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiVista panorâmica do Monumento a Vittorio Emanuele II, que fica entre a Piazza Venezia e o monte Capitolino tendo sido projetado por Giuseppe Sacconi em 1885

É uma das praças mais importantes de Roma e abriga o grandioso Monumento Vittoriano. Inaugurada em 1911 para comemoração dos 50 anos de unificação da Itália, é de visitação gratuita e você poderá ver relíquias de guerra, como vestimentas e armas usadas para defender Roma das diversas invasões que teve ao longo da história.

Fórum Romano

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiAs ruínas do Fórum Romano
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiPalatino e ruínas do Fórum Romano
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiA rampa imperial, no interior do Fórum Romano

Centro da cidade durante o Império, o local reunia os edifícios nos quais funcionavam os principais órgãos burocráticos, como os tribunais, além de estabelecimentos comerciais, templos religiosos e redutos boêmios.

O que sobrou desses prédios ainda está lá, como as ruínas do Arco de Tito, o Templo de Saturno e a Basílica Giulia.

Fontana di Trevi

Fontana di Trevi
Crédito: Eduardo AndreassiA Fontana di Trevi está sempre lotada de turistas do mundo inteiro
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiVista da Fontana di Trevi
Roma
Crédito: Eduardo AndreassiFontana di Trevi

A Fontana di Trevi é a mais majestosa das fontes de Roma. Milhares de pessoas visitam todos os dias o monumento para jogar uma moedinha na fonte –-que, como reza a lenda, garante ao turista a possibilidade de voltar para a capital da Itália.

A dica é ir cedo ou pela noite, quando há menos pessoas.

Piazza di Spagna

Assim como a Fontana de Trevi, atrai pessoas do mundo todo, que se aglomeram para relaxar e conversar em sua escadaria. A Piazza di Spagna é hoje um dos lugares mais interessantes de se conhecer, pois lá da para tirar fotos incríveis.

Pantheon

Obra de arquitetura fantástica, o Pantheon é famoso por sua cúpula inexplicável, de uma proporção gigantesca e sem nada que a sustente, com uma abertura de 9 metros de diâmetro (óculo).

Pantheon,
Crédito: Eduardo AndreassiO Pantheon é o monumento mais bem conservado da história e da Roma antiga

Estudantes de arquitetura do mundo todo passam por ali para tentar achar alguma explicação para esta obra espetacular.

Foi construído em 27 a.C. Foi destruído por um incêndio em 80 d.C e depois totalmente reconstruído em 125 d.C, durante o reinado de Adriano Imperador.

Piazza di San Pietro  e Vaticano

Piazza di San Pietro
Crédito: Eduardo AndreassiEntrada da Piazza di San Pietro
Piazza di San Pietro
Crédito: Eduardo AndreassiÉ nessa 2ªjanela da direita para a esquerda que o papa aparece dá a benção aos domingos
Interior da Basílica de São Pedro, no Vaticano
Crédito: Eduardo AndreassiInterior da Basílica de São Pedro, no Vaticano

A Praça de São Pedro é uma das maiores e mais bonitas praças do mundo. Está localizada no Vaticano, aos pés da Basílica de São Pedro, catalogada e preservada como Patrimônio Mundial da Humanidade e considerada o maior projeto arquitetônico da sua época.

Vaticano
Crédito: Eduardo AndreassiVista do Jardim do Vaticano
Vaticano
Crédito: Eduardo AndreassiVista dos museus do Vaticano

Sede da Igreja Católica, é símbolo do Estado do Vaticano e um dos locais mais visitados no mundo.

Interior da Basílica de São Pedro, no Vaticano

A Basílica de São Pedro encontra-se no Vaticano que é a menor Cidade-Estado do mundo, com aproximadamente mil habitantes. É no Vaticano que se encontra também a tão conhecida Capela Sistina -com as magníficas pinturas de Michelangelo, mais precisamente dentro dos Museus do Vaticano.

Cúpula da Basílica de São Pedro

Chegou a hora de levar à prova sua resistência física e ser recompensado com o visual da Piazza San Pietro e de outras partes da cidade.

Piazza di San Pietro
Crédito: Eduardo AndreassiDetalhe da entrada da Praça São Pedro e da cúpula da Basílica de São Pedro

Projetada por Michelangelo, são 133 metros de altura e 551 degraus até o topo, mas você tem a escolha de pagar um pouquinho a mais e pegar o elevador e então dali serão “apenas” mais 320 degraus.

Detalhe: à medida que você vai chegando, o corredor vai ficando tão estreito que é impossível voltar ou não ter que se contorcer para ir até o fim.

A vista é simplesmente uma das mais lindas da cidade.

Castel Sant’Angelo

O impressionante Castel Sant’Angelo -é uma parte fundamental da história de Roma e do Vaticano-  é o único edifício que acompanhou o destino e o desenvolvimento de Roma por quase dois mil anos.

 Castelo Sant'Angelo
Crédito: Eduardo AndreassiTuristas enfrentam fila para entrar no Castelo Sant’Angelo

A construção do edifício começou no ano 135 sob as ordens do imperador Adriano, que pretendia utilizá-lo como mausoléu para ele e sua família. A construção terminou em 139, tornando-se, pouco tempo depois, um edifício militar.

Do seu terraço superior tem-se uma magnífica vista do rio Tibre, dos prédios da cidade e até mesmo do domo superior da Basílica de São Pedro.

Via Del Corso

É uma extensa rua do centro da cidade que fica próxima a vários pontos turísticos e, por isso, é meio que passagem obrigatória.

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiComércio na Via del Corso, em Roma

Lá o consumidor vai encontrar lojas de todos os tipos e grifes, com produtos dos mais variados preços.

Marcas como Zara, Yamamay, Adidas, Puma, Mango, H&M, Kiko, Sephora, Disney e Diesel se misturam com diversos cafés, restaurantes e sorveterias para que você possa dar aquela paradinha enquanto faz compras na região.

Como se locomover

Para embarcar em qualquer transporte público, há a necessidade de adquirir o bilhete de ingresso antecipadamente, que pode ser comprado nas “tabaccherie” (tabacarias), em bancas de jornal, nas máquinas automáticas dentro das estações e aeroportos e em muitos pontos de ônibus no centro turístico de Roma.

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiCapital italiana tem uma ótima infraestrutura de transporte urbano

Não há cobradores que controlam o seu acesso a esses transportes (exceto o Metrô). Porém, se houver uma fiscalização e você estiver sem o bilhete, será multado.

Como chegar

Aeroporto de Fiumicino
Crédito: Eduardo AndreassiUma das saídas do aeroporto de Fiumicino, em Roma

Do aeroporto Aeroporto Leonardo da Vinci (Fiumicino) para Roma há várias opções: Ônibus (opção mais barata) que sai de hora em hora ou trem.

Ambos têm parada final na Estação Central Roma Termini. Há ainda as vans e táxis que oferecem esses serviços.

De Roma a outras cidades

Roma também é bem conectada via trens e ônibus com praticamente todos os grandes centros da Itália, como Florença, Nápoles, Turim, Veneza e Bolonha. A Trenitalia (www.treinitalia.com) possui serviços com preços que variam conforme a velocidade e conforto das composições.

Seguro viagem obrigatório

O seguro viagem é obrigatório para viajar para a Itália e demais países da Europa. Fazer um seguro viagem sempre é ótimo, pois ele já vem com assistência médica, odontológica, reembolso de extravio ou perda de bagagens e mais dezenas de coberturas para você viajar tranquilo.

Consulte seu corretor ou as disponibilidades desse seguro gratuito junto ao seu cartão de crédito internacional.

Dicas

Água: Por toda a cidade há bicas de água potável espalhadas aos montes e é costume dos italianos você abastecer suas garrafas com essa água, evitando ter que comprar constantemente em mercados e tabacarias.

Roma
Crédito: Eduardo AndreassiFontes de água potável espalhadas por toda a cidade

Gastronomia: Com uma invejável gastronomia, Roma tem muitas Tratorias, restaurantes, bares e cafés espalhados por toda a cidade. Prove o tradicional corneto e o café italiano.

Telefonia: há três principais operadoras: Vodafone, TIM e Wind. Procure comprar seu chip de celular em lojas oficiais. Sempre tem boas promoções e te explicam com mais detalhes.

A língua oficial é o italiano, mas muitas pessoas falam bem o inglês.

Nos PIT também é possível comprar o Roma Pass na hora ou para quem já o comprou on-line, que dá direito a utilizar infinitamente todos os meios de transporte urbanos (ônibus, metrô e trem) em um determinado prazo.

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …