Turistas podem assistir a lançamentos de foguetes na Flórida

Informar

Um roteiro gastronômico pelos bairros do leste de Londres

Por: Redação | Comunicar erro

Sempre pulsando com uma vibe dinâmica, o leste de Londres é um celeiro de criatividade espalhado por vários bairros, boa parte deles revitalizada nos últimos anos. O visual é no geral cosmopolita, mas ainda é possível encontrar bolsões do charme cockney de outrora, dando a esta região da capital inglesa uma diversificada e animada energia.

Shoreditch, Londres
Crédito: claudiodivizia/iStockShoreditch, no leste de Londres, é atualmente um dos mais bairros mais interessantes, autênticos e fervilhantes da capital inglesa

Selecionamos um roteiro com dicas de onde comer, dormir e se divertir em bairros da moda como Hackney, locais em ascensão como Peckham e áreas muitos bem estabelecidas como Shoreditch.

Onde comer…

Hackney

Sim, é só pizza e cerveja, mas o Crate Brewery, em Hackney Wick, está no topo dessas especialidades. As pizzas são abertas à mão, assadas sobre pedra e têm uma variedade de coberturas (pense em algo mais na linha Oriente Médio, com carneiro ou batata doce com queijo Stilton e nozes, e não numa pizza havaiana).

A cerveja também é feita no local, com capricho Você pode reservar um tour de degustação na microcervejaria enquanto estiver aqui, ou simplesmente desfrutar deste local inovador que foi totalmente construído com materiais recicláveis –o bar, por exemplo, é feito de dormentes de ferrovias. Além disso, a localização às margens do canal de Hackney e as apresentações de DJs todas as noites de sexta-feira e sábado atraem uma multidão jovem e descolada.

Mare Street Market
Crédito: Divulgação/VisitBritainInterior do Mare Street Market, em Hackney, complexo com bares, restaurantes, loja de bebidas, flores e até de disco

Outro lugar descolado é o Grow, que fica numa antiga fábrica de salsichas à beira do rio Lea e tem uma proposta igualmente sustentável. O cardápio deste verão europeu, assinado pelo Slow Fire London, utiliza ingredientes sazonais britânicos inspirados pelos sabores do Oriente Médio. Mas nem tudo aqui é gastronomia: o Grow trabalha com artistas, DJs e músicos locais, e volta e meia realiza eventos gratuitos, como karaokês, festivais de arte, jazz, reggae e blues ao vivo.

East London
Crédito: DivulgaçãoGrow, que fica numa antiga fábrica de salsichas à beira do rio Lea

No lado mais sofisticado, Hackney abriga o Forman’s Restaurant, um endereço à beira do rio especializado em salmão e frutos do mar. Ele é gerido pelo Forman’s, um dos mais antigos e famosos produtores de salmão defumado de Londres. Você pode visitar o defumador local para ver como essa iguaria é preparada, e depois se esbaldar com um cardápio que inclui enguia defumada quente, filés de rodovalho escalfados com vieiras, salmão escocês defumado e salada de caranguejo da Cornualha.

Peckham

Uma boa razão para o Peckham Levels –um antigo estacionamento de sete andares que estava vazio– ter virado um destino criativo e cultural é o novo West Kitchen, que traz uma pedaço da Califórnia para o sudeste de Londres.

East London
Crédito: DivulgaçãoInterior do West Kitchen

O lugar prega uma cozinha consciente –com o mínimo desperdício e o uso de ingredientes locais– em um cardápio que inclui ceviche de badejo e o kitchari ayurvédico. Um bônus do local é o bar de vinhos naturais, orgânicos e biodinâmicos.

No coração de Peckham fica o Peckman Refreshment Rooms, um restaurante de estilo minimalista situado em um bloco art déco dos anos 1930 que está sempre movimentado. Aqui você vai encontrar um menu de deleites europeus, tais como a berinjela parmigiana e o bife de fraldinha, ambos comprados de produtores pequenos e de lotes reduzidos.

Peckham Bazaar, London
Crédito: Divulgação/VisitBritainPeckham Bazaar é especializado na comida típica dos Bálcãs

Peckham Bazaar oferece aos clientes um menu dos Bálcãs, com mezes (entradas típicas) e grelhados, aproveitando receitas tradicionais daquela região com ingredientes locais, tudo feito no fogo a carvão. Experimente pratos como coelho grelhado com batatas cipriotas, adana (um tipo de kafta) de carne de porco e de carneiro, e lulas grelhadas com orzo grego.

 Shoreditch

East Londres
Crédito: DivulgaçãoHambúrgueres do Vurger Company, um paraíso vegano em Shoreditch

Como prova de que a cena de Shoreditch ainda atrai chefs descolados, o Brat foi inaugurado no início deste ano pelo ex-chefe da Kitty Fisher, Tomos Parry, que trouxe uma mistura ousada de cozinhas basca e galesa para o leste de Londres. E como isso aparece no cardápio? Em saborosas criações como o salame de cordeiro Herdwick, porco e laverbread (alga nori típica do País de Gales), coelho selvagem com morcela e feijões, e peixe pregado inteiro.

East London
Crédito: Divulgação/VisitBrasilO restaurante Lyle’s, em Shoreditch, valoriza os produtos nacionais no cardápio

Outra novidade aberta em 2018 é o Vurger Company, um paraíso vegano em Shoreditch. Antigo restaurante pop-up (que só abria em ocasiões especiais), ele agora ganhou seu primeiro endereço permanente, numa ação de financiamento coletivo que em menos de 72 horas bateu a meta, tamanha é a sua popularidade. Todos os hambúrgueres são feitos a partir de vegetais, castanhas, sementes e leguminosas – prove o Auberger Tabasco, feito com berinjelas, grão de bico e cebola roxa, e as versões veganas de mac’n’cheese e milkshakes.

Não dá para escolher nada errado no Lyle’s. Esse restaurante britânico de Shoreditch valoriza os produtos nacionais no cardápio, mas, como está vanguarda da cena gastronômica, traz também o talento dos chefs internacionais à sua cozinha durante as suas Guest Series. Produtos sazonais também são um ponto importante aqui –em setembro, por exemplo, o foco é nos pratos com carne de caça.

Onde dormir…

Hackney

Avo Boutique Hotel
Crédito: DivulgaçãoUm dos descolados quartos do Avo Boutique Hotel

Localizado em uma antiga agência dos correios –e curiosamente ainda gerido pela mesma família– o Avo Boutique Hotel é um espaço acolhedor e elegante com decoração exclusiva para cada quarto. O hotel fica a cinco minutos a pé da estação de trem de Dalston. Embora haja muito para ver e fazer na região, você pode simplesmente relaxar à noite, aproveitando a ampla coleção de DVD e de jogos.

GetSomeKip
Crédito: DivulgaçãoKip, com nova unidade em Hackney Central, tem tudo a ver com acomodações acessíveis e estilosas

À procura de um lugar legal para ficar, que não pese muito no seu orçamento? O Kip, com nova unidade em Hackney Central, tem tudo a ver com acomodações acessíveis e estilosas. Sim, ele é despretensioso e prático em seu estilo, mas você vai encontrar todo tipo de quarto aqui –individuais, duplos e estúdios para grupos, suítes para famílias e até uma suíte na cobertura.

Peckham

Victoria Inn,
Crédito: DivulgaçãoO Victoria Inn tem apenas 15 quartos, todos decorados individualmente e com tamanhos diferentes

Victoria Inn, localizado em um edifício datado de 1878, é um boutique hotel e gastropub moderno no coração de Peckham. Todos os 15 quartos são decorados individualmente e variam em tamanho, acomodando de uma a quatro pessoas. No andar térreo fica o gastropub, local para provar dez cervejas e cidras locais e o cardápio britânico sazonal.

Peckham Rooms Hotel
Crédito: DivulgaçãoO Peckham Rooms Hotel fica a apenas 5 minutos de caminhada da rua principal de Peckham

Descrevendo-se como um local de  “quartos simples, elegantes, acessíveis e com um toque de África moderna inspirado pelo multiculturalismo vibrante da nossa vizinhança muito especial”, o Peckham Rooms Hotel está a apenas 5 minutos de caminhada da rua principal do bairro. Independente, esse hotel boutique é gerido por integrantes de uma família local – e eles são ótimos para dar recomendações de todos os lugares para visitar na região e além.

 Church Street Hotel
Crédito: DivulgaçãoO  Church Street Hotel tem temática latino-americana

Um pouquinho mais longe, em Camberwell, mas a não mais de 20 minutos a pé da estação de Peckham, o Church Street Hotel é um endereço especial do sudeste de Londres, com clima hispânico e latino-americano. Azulejos mexicanos pintados à mão adornam os quartos e os hóspedes podem desfrutar de drinques tanto no Havana Lounge como no Communion Bar.

Shoreditch

The Curtain, Shoreditch, London
Crédito: Divulgação/VisitBritainUma das suítes do descolado The Curtain, em Shoreditch

The Curtain –um hotel de seis andares, pertencente ao guru da hotelaria Michael Achenbaum– abriu na região no último verão e continua em alta. Os hóspedes podem aproveitar a piscina no último piso, sala de projeção e o spa, além de ter acesso ao primeiro restaurante Red Rooster de Londres, criado pelo chef Marcus Samuelsoon, estrelado pelo “Guia Michelin”.

O endereço é descolado, mas a decoração é clássica, com paredes de tijolos a vista, arte encomendada para o hotel e pisos de madeira. Seu elegante bar Green Room abriu em maio de 2018 e virou um daqueles lugares para ver e ser visto.

Nobu Shoreditch, London
Crédito: Divulgação/VisitBritainNobu Shoreditch, é o primeiro da rede no Reino Unido

Nobu Shoreditch é um endereço recém-aberto na cena de Shoreditch –o primeiro dessa rede no país funciona em Londres desde o ano passado. Elegante e contemporâneo, sua arquitetura e decoração são de estilo japonês, com toques do leste de Londres. O fantástico restaurante –que parece ficar numa caverna– serve iguarias japonesas, como a lagosta assada no forno com vieiras Hakaido e o aioli de coentro e Ikura.

Um outro hotel para prestar atenção nos próximos meses é a filial de Shoreditch do Mama Shelter. A marca francesa estaria por trás da compra do atual RE Hotel. Dizem os rumores que o hotel, como os demais do grupo, será recheado de tecnologia e oferecerá muitas atividades aos hóspedes, camas assinadas por designers e espaços sociais abertos.

Onde se divertir

Hackney

Um legado do passado industrial do bairro são as construções hoje usadas por artistas de rua. Basta andar pelas ruas para ver obras de nomes lendários como Banksy e Stik Man. Como a área atrai uma multidão jovem e festeira, a vida noturna é eclética, com um pouco de tudo: pubs de estilo tradicional, bares pop-up, endereços especializados em coquetéis, outros indicados para o final da noite e casas noturnas de todos os tipos.

View this post on Instagram

🐘

A post shared by The Elephants Head (@elephanthackney) on

Um bar do leste de Londres muito interessante é o tradicional The Elephant’s Head, aberto em 1890 e restaurado recentemente como um bar imperdível em Hackney, cheio de charme de outros tempos.

Hackney é um paraíso para quem curte mercados e feiras. Você pode aproveitar as barracas, lojas independentes e cafés do Broadway Market, que funciona desde 1890, ou o menos conhecido, pois recém-inaugurado, Mare Street Market. Com um clima muito mais relaxado, esse mercado fica em ruas de pedra e reúne cervejarias artesanais, cafés, lojas pop-up de roupa, bancas de discos de vinil e os sons do próprio rádio do mercado. A chef Gizzi Erskine, famosa na TV britânica, vai abrir aqui seu primeiro restaurante, The Dining Room.

Mare Street Market, Hackney, London
Crédito: Divulgação/VisitBritainFachada do recém-inaugurado Mare Street Market

Você tem tempo para mais cultura? Junto ao Mare Street Market fica o Hackney Empire, o teatro do East End associado a comédia e teatro de vanguarda. Outra opção que dá o que falar é o Viktor Wynd Museum of Curiosities, situado em um pequeno porão de Hackney. Ele exibe tudo que seu fundador acha fascinante, seja raro ou comum, encontrado na natureza, no mundo das artes, nas bancas e nos desenhos feitos por presidiários.

Peckham

Peckham tem criado fama própria como celeiro de talentos de artistas de rua. Dê uma olhada nos grafites do bairro para conferir. Há também diversos eventos de arte criativa, com música, filmes, comédia e teatro no sensacional CLF Art Café. Alojado em um multiespaço de armazéns, o Bussey Building, o local está se tornando um dos favoritos dos fãs de novidades culturais.

Você vai encontrar excelentes preços para filmes no Peckhamplex, um multiplex de cinemas independentes em dia com os principais lançamentos, com entrada a 4,99 libras para o dia todo, todos os dias. É o lugar perfeito também para assistir a obras de cineastas independentes, bem como a exposições de arte.

Ali pertinho fica o Peckham Levels, um espaço artístico de múltiplas propostas criado em um prédio de estacionamento de vários andares que se transformou num animado polo de gastronomia e vida noturna. No topo do prédio está o Frank’s Café, com ótimas vistas panorâmicas do horizonte da capital que convidam a um drinque ou dois nas noites de verão. Outra boa sugestão é provar as cervejas e chopes artesanais da Brick Brewery, sob os arcos da estação de trem de Peckham Rye.

Frank’s Cafe, London
Crédito: DivulgaçãoO rooftop do Frank’s Cafe

Você gosta de viajar no tempo? O Four Quarters de Peckham é o primeiro bar de fliperama de Londres. Teste suas habilidades do passado em 15 jogos originais da década de 80 e, em seguida, estique a noite na discoteca instalada no porão, The Confession Box.

Shoreditch

Há muito tempo um berço de talentos emergentes e um centro para mentes criativas, Shoreditch continua na vanguarda da cultura contemporânea aclamada pela crítica. Há uma série de galerias que vale a pena visitar, como a Kate McGarry, onde você encontrará artistas de vídeo e performances diversas, e a Jealous, que vende cópias de conhecidos artistas e fotógrafos como David Shrigley e Russell Marshall.

Fãs de teatro com vontade de expandir seu repertório precisam experimentar o New Shoreditch Theatre, que apresenta artistas criativos de todas as origens, seja do teatro, música ou outra modalidade artística, além de exibição de filmes e instalações. Uma fantástica linha de shows acontece na loja da gravadora independente Rough Trade East, que também oferece uma sublime coleção de música (além de muitas opções para viciados em vinil).

Novos bares e clubes continuam a abrir na área, como o Leroy, de estilo parisiense, um bar de vinhos e bistrô com mais de 100 rótulos na lista e seu próprio vermute no cardápio. Toques excêntricos em coquetéis clássicos podem ser encontrados no The Office, na Kingsland Road, que abriu no final de maio. Experimente também a fascinante variedade de destilados incomuns, como o aguardente de figo português e o vinho de ameixa Umoshi, que estão no cardápio do Smoking Goat, que abriu no final de 2017.

It’s thirsty Thursday, so what better day to join us for a refreshing beer! 🍺

Posted by The Office – Shoreditch on Thursday, August 2, 2018

Para relaxar depois de uma noite em Shoreditch, não há nada mais agradável que um passeio pelo icônico Columbia Road Flower Market, a apenas 10 minutos de caminhada. Além da beleza das flores, há lojas independentes de roupas vintage, pequenas galerias de arte e vários cafés para dar aquela acordada ao longo do caminho. Outra opção interessante para compras em Shoreditch é o Boxpark –o primeiro contêiner que se tornou um shopping pop-up, com lojas autorais, nomes globais e restaurantes.

Shoreditch: só mais um bairro hipster de Londres?

Compartilhe: