Viajando durante a pandemia

O novo coronavírus mostrou ao mundo que estamos todos vulneráveis em qualquer parte do planeta, que não há pátria, nem fronteiras que impeçam a pandemia

O mundo parou e o desejo de viajar parece que ficou ainda maior quando temos que ficar em casa em isolamento social. Para onde podemos viajar em época de pandemia?

Crédito: Ana Paula GarridoA natureza agradece a nossa quarentena

Já que não dá para viajar para nenhum lugar do mundo, que tal aproveitar a oportunidade e  viajar para dentro de si?  Em tão pouco tempo o mundo foi arrastado por uma onda de medo, pânico e temor. Continentes, países e cidades isoladas, populações confinadas e vivendo um dia de cada vez.

O novo coronavírus mostrou ao mundo que estamos todos vulneráveis em qualquer parte do planeta, que não há pátria, nem fronteiras que impeçam a pandemia. Não interessa se somos pobres ou ricos, tão pouco faz diferença a religião, cor, raça ou sexo. Todos podemos ser atingidos.

Crédito: Ana Paula GarridoA costa da Califórnia

Já sabemos os riscos que estamos correndo e também sabemos que tudo passa e que isso também passará. A vida voltará ao normal, mas enquanto esse dia não chega, que lições podemos tirar de tudo isso? Do jeito que estávamos indo, onde iríamos parar? O universo está nos dando a oportunidade de desacelerar.

Os Cânions no Arizona

Aproveite para viajar. Viajar para dentro de si, de respirar, refletir e mudar! Como vamos olhar para nossas vidas, para o próximo e para o nosso planeta depois que esse pesadelo passar? Que momento excepcional que o universo está nos proporcionado para pensar em tantas questões!

Crédito: Ana Paula GarridoO céu alaranjado em Manaus

Hora de cuidar de si, da família e das pessoas. É tempo de ficar em casa e aproveitar a quarentena forçada para curtir a família, de conversar, brincar e passar tempo com o nosso núcleo mais próximo. Aproveite para assistir bons filmes comendo pipoca, de tocar suas músicas preferidas e dançar com alegria. Use o celular para dar um oi para todas as pessoas que ama, amigos e parentes que não podem se encontrar pessoalmente. Aprenda alguma coisa nova. A internet está cheia de aulas gratuitas. Revistas e livros estão sendo disponibilizados sem custo. Dá até para fazer viagens virtuais para visitar museus, cidades e países.

Crédito: Ana Paula GarridoPraia na Jamaica

Aproveite esse tempo para pensar no que você pode fazer de bom para o mundo. Como você pode ajudar seu vizinho, seu bairro, sua cidade a ser um lugar melhor? Cante na janela, ensine alguma coisa que você faz bem, doe livros, ofereça ajuda a quem precisa, compartilhe amor, distribua solidariedade.

Crédito: Ana Paula GarridoDoe livro aos vizinhos

Mande bilhetes de carinho para quem recolhe seu lixo e lhe atende nas farmácias e supermercados. Peça o delivery do restaurante do bairro, que está sofrendo sem a clientela. Ajude os menos favorecidos doando alimentos. Bata palmas para os médicos e profissionais que estão se dedicando tanto a salvar vidas. Aproveite para praticar o bem.

Enquanto a população foi colocada em quarentena, a natureza em todo o mundo parece agradecer. Os pássaros conseguem ser ouvidos no silêncio. Sem a poluição, o ar está mais puro, o céu mais claro e estrelado. Mares, rios e lagos estão mais limpos e cristalinos e as flores estão desabrochando.

Crédito: Ana Paula GarridoAs flores anteciparam a primavera

Vamos aproveitar esse momento extraordinário que o universo está nos trazendo para viajar para dentro de nós e tirar de lá o melhor que podemos dar ao mundo. Quando tudo isso passar, vamos voltar a nos abraçar e beijar, mas vamos mais do que isso, aproveitar para fazer desse mundo um lugar muito melhor para viver e viajar!

Ana Paula Garrido é editora do Blog O Melhor da Viagem

Compartilhe:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário O Melhor da Viagem

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.