O jeitinho brasileiro não tem jeito: Flamengo e Brumadinho