Instituto Acqua faz show online em homenagem a Dimenstein

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua, em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação

Para homenagear o legado do jornalista Gilberto Dimenstein, o Instituto Acqua prepara para esta quinta, 30, a partir das 20h uma apresentação especial que conta com a participação de Bocato e João Cristal. Será uma noite dedicada à música instrumental, em especial – um estilo musical muito apreciado por Dimenstein em vida. O espetáculo será transmitido ao vivo pelo Instagram do VilaMundo e Instituto Acqua e apresentado por, Ronaldo Querodia, idealizador da parceria entre VilaMundo e Instituto Acqua, ao lado de Dimenstein.

gilberto dimenstein
Crédito: Reprodução/Facebook Gilberto DimensteinGilberto Dimenstein lutava contra um câncer desde 2019

No repertório, canções como “Chega de Saudade”, além de clássicos de Jazz e Bossa Nova.  Bocato é trombonista.  Iniciou seus estudos musicais aos sete anos de idade, na banda da Escola Municipal Baeta Neves. Cursou a Fundação das Artes de São Caetano, o Instituto de Música do Planalto e a Universidade Estadual de São Paulo (composição e regência).

Bocato

João Cristal é especializado em música instrumental e jazz. Nascido em Conceição do Rio Verde, Minas Gerais, caçula de cinco irmãos homens e também músicos, iniciou-se musicalmente aos seis anos, tocando contrabaixo, da coxia, para substituir um dos irmãos que não pôde ir ao baile.  Desde criança demostrou seu virtuosismo e interesse pela música. Dedicado e estudioso, agora já em São Paulo, ganhou destaque, ainda jovem, com arranjos e composições para o Grupo Fruto da Terra, do qual fazia parte e que teve grande destaque na década de 80, reconhecido por sua qualidade sonora e abertura de vozes.

João Cristal

Samir Siviero, diretor-presidente do Instituto Acqua, reforça a importância da parceria VilaMundo e Instituto Acqua e também presta homenagem a Gilberto Dimenstein. “Para o Acqua foi essencial contar com a visão do Gilberto. Ele trouxe, além de grandes contribuições, o vigor para que nossas atividades nessa área cultural pudessem alavancar, como o VilaMundo. Sempre será lembrado por nós como excelente comunicador e fomentador de boas práticas e solidariedade. Essa iniciativa é um símbolo de nosso agradecimento”, define Siviero.

Gilberto Dimenstein foi idealizador do VilaMundo e responsável pela parceria entre o projeto e Instituto Acqua. O trabalho em conjunto acontece há mais de três anos e o objetivo principal é fomentar a cultura de São Paulo e ABC. O VilaMundo – que fica hospedado no site Catraca Livre – também valoriza economias locais, o trabalho de pequenos produtores e a ideia da economia criativa e de descontos de produtos e serviços.

O VilaMundo

Em um breve histórico do projeto VilaMundo: o site nasceu na Vila Madalena, bairro da zona oste de São Paulo, sob a ideia de valorizar produtores locais (nas áreas de cultura, lazer e gastronomia). Para tanto, coube a uma equipe de comunicadores a missão de mapear esse tipo de negócio e profissionais. E assim foi feito: a Vila Madalena (e seus produtores) começaram a ser divulgados na plataforma do VilaMundo.

Com o passar do tempo – e a chegada do Instituto Acqua – o mapa começou a ser feito também na região do ABC Paulista, sequenciando a experiência ocorrida na Vila Madalena.

E assim segue até hoje. Um projeto que se baseia nas ideias de comunicação/ educação/ comunidade tão vivida e pensada por Dimenstein. O jornalista nos deixou recentemente, vítima de um câncer.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.