MIS exibe mostra gratuita de filmes musicais nas férias

Programação inclui sucessos como "Hair", "The Rocky Horror Picture Show" e "Amor, sublime, amor"

Por: Redação

Amante dos musicais, essa é para você! Como parte da programação paralela da exposição Musicais no Cinema, o MIS – Museu da Imagem e do Som apresenta a mostra Fora da caixa. As exibições acontecem até o dia 4 de fevereiro, com sessões às segundas – exceto na semana do dia 15 -, sempre às 14h.

Museu da Imagem e do Som (MIS)
Crédito: Ding MusaMuseu da Imagem e do Som (MIS) tem programação especial de férias

As sessões, realizadas pelo Educativo MIS, têm entrada gratuita e integram a programação de férias do Museu. A mostra traz filmes com personagens que não se encaixam nas regras impostas pela sociedade e que precisam lidar com as consequências desse fato.

Confira abaixo a programação:

15.01|The Rocky Horror Picture Show (Dir. Jim Sharman, 1975, Reino Unido, 100 min, Comédia musical, 18 anos)

Os namorados Brad e Janet têm um pneu furado durante uma tempestade e descobrem a misteriosa mansão do louco cientista Dr. Frank-N-Furter. Eles encontram uma casa cheia de personagens selvagens, incluindo um motociclista e um mordomo assustador.

21.01|Amor, sublime, amor/West Side Story (Dir. Jerome Robbins e Robert Wise, 1961, EUA, Drama musical, Livre)

Duas gangues, os Sharks, de porto-riquenhos, e os Jets, de brancos de origem anglo-saxônica, disputam a área, seguindo um código próprio de guerra e honra. Tony (Richard Beymer), antigo líder dos Jets, se apaixona por Maria (Natalie Wood), irmã do líder dos Sharks, e tem seu amor correspondido. A paixão dos dois fere princípios em ambos os lados, acirrando ainda mais a disputa.

28.01| Charity, meu amor/Sweet Charity (Dir.Bob Fosse, 1969, EUA, 149 min, Comédia / Drama Musical, 18 anos)

Charity é uma dançarina que vive se apaixonando pela pessoa errada, mesmo assim, insiste em ainda acreditar no amor. Até quando conhece um homem que desconhece sua profissão e quer se casar com ela.

04.02| O prisioneiro do rock/Jailhouse Rock (Dir. Richard Thorpe, 1957, EUA, Comédia / Drama Musical, Livre)

Enviado para a prisão após matar um homem acidentalmente, Vince Everett (Elvis Presley), resolve cantar atrás das grades. Um golpe de sorte coloca frente a frente, uma bela caçadora de talentos de uma gravadora, e Vince tem a oportunidade da sair da cadeia e se tornar um astro do rock.

Musicais no cinema no MIS

O MIS apresenta até 16 de fevereiro a exposição: Musicais no cinema. Concebida pelo Musée de la Musique – Philharmonie de Paris, a mostra traça um panorama sobre o universo do gênero musical no cinema nacional e internacional, desde os primórdios do cinema musicado até obras recentes, como o premiado La La Land (2016) e Rocketman (2019), cinebiografia de Elton John.

A partir de fotografias, vídeos, cartazes, documentos de produção, figurinos e depoimentos, a exposição reúne filmes musicais de diferentes partes do mundo, destacando marcos para o gênero, como Cantando na chuva (1952), Amor, sublime amor (1961) e Dançando no escuro (2000). Musicais no cinema ainda destaca figuras importantes do gênero como Fred Astaire, Jacques Demy, Julie Andrews e John Travolta.

A curadoria do Musée de la Musique é do pesquisador N. T. Binh, enquanto Duda Leite assina a curadoria brasileira. O jornalista e cineasta foi responsável pela adaptação para o MIS, acrescentando espaços e conteúdos inéditos baseados na cultura brasileira, como Esse mundo é um pandeiro, dedicado às chanchadas – subgênero bastante característico da produção audiovisual do Brasil, e uma área que homenageia a atriz e cantora Carmen Miranda.