Últimas notícias:

Loading...

Ribeirão Pires recebe nova apresentação de “Buraquinhos ou o Vento é Inimigo do Picumã” nesta sexta

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua, em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O espetáculo teatral ‘Buraquinhos ou o Vento é Inimigo do Picumã’ será exibido novamente nesta sexta-feira (09/04) às 20h pela do Facebook da SEJEL (Secretaria de Juventude, Esportes, Lazer, Cultura e Turismo) da Prefeitura de Ribeirão Pires. Evento gratuito e  com classificação acima de 14 anos.

                   errrrrrrrrrrrrrrrrrrd.

O espetáculo narra a história de um menino negro que mora na periferia de Guaianases, em São Paulo, e que corre o mundo todo fugindo de um policial que o quer morto. Utilizando o realismo fantástico, o menino viaja pelo mundo passando por países da América Latina e África, e encontra pelo caminho figuras que o ajudam a se esconder do algoz. Com uma sacola de pães nas mãos, ele corre para longe, mas com o desejo de voltar para casa.

A denúncia e reflexão do tema, promovidos pela narrativa, foram construídos com base no conceito de leveza. Dessa maneira, o espetáculo aborda de maneira suave a denúncia sobre o genocídio da população jovem e negra no Brasil.

Sobre o espetáculo teatral

O espetáculo é a segunda etapa da “Trilogia da Fuga”, uma pesquisa do coletivo Carcaça de Poéticas Negras, formado em 2016, por quatro artistas negros e periféricos.

O texto do espetáculo foi um dos três premiados na IV Mostra de Dramaturgia em pequenos formatos cênicos do Centro Cultural São Paulo – fato que deu a Jhonny Salaberg o título de primeiro dramaturgo negro a ser premiado na mostra. Premiado a Melhor Direção pelo APCA – fato que deu a Naruna Costa o título de primeira mulher negra a ganhar o prêmio.

Premiado também a Melhor Direção pelo Aplauso Brasil, Melhor Projeto e Melhor Dramaturgia pela UOL e Melhor Peça de 2018 pela Folha de São Paulo. Indicado a Melhor Dramaturgia pelo APCA e Melhor Elenco pelo prêmio Aplauso Brasil. Texto lido na 5° edição do Festival Melanina Acentuada (Salvador/BA), publicado dentro da Coleção Dramaturgia pela Editora Cobogó (RJ) e na 1° Antologia de Dramaturgia Negra pela FUNARTE.

#DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook e Instagram

Compartilhe: