Últimas notícias:

Loading...

Semasa inscreve interessados para minicurso online sobre polinização e sustentabilidade

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua em parceria com a Catraca Livre

Por: Redação

Mais do que um processo natural, a polinização é imprescindível e indispensável para a sobrevivência humana e equilíbrio ecológico. Para falar deste tema, a Gerência de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) oferece neste mês mais uma edição do minicurso online “De flor em flor: a importância dos polinizadores”.

A polinização está relacionada diretamente à produção de alimentos e indústria da agricultura. No entanto, os insetos responsáveis por este trabalho estão sendo profundamente ameaçados por causa das mudanças climáticas e uso indiscriminado de agrotóxicos. O Brasil é um país que concentra um grande número de animais polinizadores, como as abelhas – as mais trabalhadoras deste ciclo – os besouros, borboletas, aves, mariposas e até morcegos.

De acordo com informações da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), para a indústria agrícola o processo de polinização é importante também do ponto de vista econômico. Segundo estudos publicados em uma revista científica, a polinização gera um valor econômico estimado de R$ 43 bilhões por ano. Ainda de acordo com a Embrapa, 76% das plantas utilizadas para produção de alimentos em território nacional dependem do serviço ecossistêmico de polinização animal.

A formação traz diversos materiais multimídias, como artigos, reportagens e vídeos e é totalmente gratuita. Ainda, integra o Programa Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes e faz parte também da agenda da Escola de Ouro Andreense. As inscrições devem ser feitas pelo site www.semasa.sp.gov.br/minicursos e a turma tem início no dia 20/4. Os interessados que concluírem a formação, terão direito a certificado de participação.

DicaVilaMundo: Quer ficar por dentro de mais iniciativas culturais, sociais e sustentáveis? Siga o Instituto Acqua no Facebook e Instagram

Compartilhe:

?>