Exposição ‘São Paulo: Povo, Terra e Trabalho’ ocupa o Palácio dos Bandeirantes

Mais de 100 obras incluindo as icônicas “Operários de Tarsila do Amaral e “Casal Brasileiro” de Alex Flemming fazem parte de ‘São Paulo: Povo, Terra

Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado

Segunda a sexta, das 10h às 16h
Sábados às 10h ou às 14h

Grátis

O Palácio dos Bandeirantes está recebendo a mostra “São Paulo: Povo, Terra e Trabalho”!

A exposição reúne cerca de 100 obras e comemora também os 59 anos do edifício, que se tornou a sede do Governo de São Paulo em 1965.

Exposição ‘São Paulo: Povo, Terra e Trabalho’ ocupa o Palácio dos Bandeirantes com obras de Tarsila do Amaral e Alex Flemming
Créditos: Reprodução Governo de SP
Exposição ‘São Paulo: Povo, Terra e Trabalho’ ocupa o Palácio dos Bandeirantes com obras de Tarsila do Amaral e Alex Flemming

“São Paulo: Povo, Terra e Trabalho” ressalta a importância do trabalho, da terra e do descanso e de toda pluralidade que representa São Paulo. A exposição parte de duas obras icônicas da coleção, “Operários” de Tarsila do Amaral e “Casal Brasileiro” de Alex Flemming.

As obras exibidas fazem parte do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios, como “Festa do Divino em Parati”, de Djanira, e “A Ventania” de Anita Malfatti.

Três artistas foram convidados para abrir espaço para as novas gerações contarem suas histórias e mostrar as possibilidades da arte contemporânea.

A poética de Helô Sanvoy debate questões sobre o trabalho a partir dos ciclos econômicos brasileiros, como a extração do pau-brasil; as obras de Aislan Pankararu reverberam grafismos e pinturas tradicionais do povo Pankararu; e Tico Canato, artista do grafite que traz para o palácio a linguagem urbana da capital paulista.

A exposição está aberta ao público no Hall Nobre do Palácio dos Bandeirantes de segunda a sexta, das 10h às 16h e aos sábados às 10h ou às 14h. A visitação é liberada por meio de agendamento prévio através do email monitoria@sp.gov.br. Para saber mais sobre a exposição, clique aqui