BaianaSystem e Francisco, El Hombre agitam festa 'Sexta Básica'

40ª Festa das Cerejeiras floreia o Parque do Carmo

Festa das Cerejeiras é oportunidade única para ver as lindas flores
Até
05
de agosto 2018
Sexta das 12:00 as 17:00 e sábado e domingo das 09:00 as 17:00

site: www.prefeitura.sp.gov.br

email: parquecarmo@gmail.com

telefone: (11) 2748-0010 / (11) 2746-5001

Desde o ano de 1978, religiosamente no mês de agosto, o bosque do Parque do Carmo celebra a florada das mais de 4.000 árvores rosadas durante a Festa das Cerejeiras! Tradicional na capital, o evento é organizado pela Federação Sakura e Ipê do Brasil.

A 40ª edição da festa mais linda da ZL ocorre de 3 a 5 de agosto, na sexta-feira, das 12h às 17h, e no sábado e domingo, das 9h às 17h. A entrada é Catraca Livre para todos os públicos.

É a 40ª edição do festival na zona leste de SP

Forte símbolo no Japão, as cerejeiras – também conhecidas como sakuras –, tornaram-se a marca dos descendentes da comunidade nipônica que vive na região de Itaquera. Todos os anos essa comunidade tem a tradição de realizar o “hanami“, costume tradicional japonês de sentar sob as cerejeiras e contemplá-las durante um bom período.

Além disso, o festival recebe apresentações típicas e muuuitas opções deliciosas da culinária japonesa! Quem desejar levar flores para casa, ainda pode comprar mudas das árvores de vários tamanhos e valores.

As vózinhas ficam como? Felizes da vida <3

Vale lembrar que a florada dura apenas alguns dias e esta data é a única oportunidade de conferir os caminhos formados pelas flores em tons de rosa. Não dá pra perder, né?

O Parque tem estacionamento próprio, mas é bom chegar cedo aos finais de semana para evitar lotação. Quem for de transporte público pode descer no Metrô Itaquera e pegar um ônibus até o local.

divulgação
O Festival é perfeito para levar a família, o namorado ou os amigos!
  • Curiosidades

Diz a lenda que Sakura vem da princesa Konohana Sakuya Hime, que teria caído do céu nas proximidades do Monte Fuji e teria se transformado na flor cor-de-rosa.

Acredita-se também que a flor tem sua origem na cultura do arroz. A parte “kura”, em tradução livre, é deposito onde se guarda arroz, alimento básico dos japoneses, considerado uma dádiva.


  • Ainda não conhece a Japan House? Então confira este evento gratuito:

Japan House recebe exposição ‘Aromas e Sabores’

Compartilhe:

Autor: Por: Redação