Audiência do Catraca Livre cresceu 50% mesmo saindo do Facebook

900 mil leitores já assinaram a newsletter do Catraca para receber conteúdo personalizado.

Por: Redação | Comunicar erro
audiencia do dia 13 de abril
Origem da audiência

Esses dois gráficos acima mostram uma radical mudança na audiência do Catraca Livre. No dia 13 de abril deste ano, foram mais de 2 milhões de visitas no site, segundo o Google Analytics. Mas cada vez menos pessoas chegam pelo Facebook: 25% ( fatia verde da bola). Nosso leitor prefere entrar pelo Google ( azul), entrar direto no site ( amarelo) ou vem de outros sites ( laranja).

Esse movimento é consequência de o Facebook ter diminuído a presença de notícias para seus leitores. Ou seja, as pessoas estão buscando outros caminhos para se manterem informadas.

15 milhões de usuários únicos em março
10 milhões de usuários únicos em fevereiro

Depois que o Facebook decidiu reduzir, em 12 de janeiro,  a quantidade de  notícias na newsfeed, a audiência do Catraca Livre cresceu 50% , segundo mostram dados do Google Analytics. O gráfico acima mostra a comparação de janeiro e março.

Fevereiro: início da virada no final do mês

Já no final de fevereiro deste ano, a audiência começa a subir, como se vê no gráfico acima.

10 milhões de usuários únicos em dezembro

Ainda é cedo para ter certeza de que se trata de uma tendência, mas os números mostram que, em determinados períodos, o número de visitantes únicos ( usuários) cresceu mais de 50% mesmo comparado a meses como novembro e dezembro

10 milhões de usuários únicos novembro

A audiência vinda do Facebook caiu, como para a imensa maioria dos sites de notícias. Mas, essa queda foi compensada por dois fatores: aumentou a percentagem de pessoas que entram diretamente no Catraca Livre e a chegada de leitores via busca no Google. Estamos fazendo campanha de nossa newsletter com conteúdos personalizados, com dicas para economizar dinheiro com shows, restaurantes, bares, concerto, teatro, lanchonetes e promoções de produtos: já ganhamos 900 mil 

Pode-se ver a mudança dos canais de tráfego em dois gráficos do Google. Antes, grande parte da audiência do Catraca vinha, como se vê, das redes sociais ( Facebook). Mas, em março, buscas do Google e acesso direto responderam pela maior parte da audiência.

Reprodução
Fevereiro: 69,8% vindo de redes sociais ( Facebook).
Reprodução
Março: maior parte da audiência vem do Google e direto

Compartilhe:

1 / 8
1
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
2
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
3
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
4
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
5
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
6
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
7
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …