Catraca Livre vira estudo de caso para estudantes de Harvard

Aula vai mostrar como o Catraca Livre conseguiu ser sustentável e ter impacto social

Por: Redação | Comunicar erro

Na próxima semana,  dia 17, a experiência do Catraca Livre será apresentada, em Harvard, por uma das mais importantes professoras da Escola de Negócios daquela universidade: a coordenadora do Programa de Liderança Avançada, Rosabeth Kanter.

A professora foi responsável pela produção, em 2015, de um estudo sobre o Catraca Livre. O estudo foi atualizado em 2017.

O projeto do Catraca Livre foi desenvolvido no Programa de Liderança Avançada de Harvard – uma incubadora de projetos sociais que envolve as escolas de Negócios, Governo ( Kennedy School), Saúde Pública e Educação. -, com o apoio do Media Lab, do MIT.

Estudo de caso sobre o Catraca Livre

Por dois anos, o jornalista Gilberto Dimenstein, que fará a apresentação ao lado da professora Rosabeth Kanter, participou daquela incubadora social.

O foco da apresentação é como o Catraca Livre se tornou sustentável com uma proposta de impacto social, voltado ao empoderamento dos cidadãos, tornado-se um dos sites mais premiados do Brasil.

O Catraca Livre tem hoje 18 milhões de leitores mensais, além de quase 9 milhões de seguidores no Facebook

Recentemente, o Catraca Livre criou o ReciproCidade – um programa apenas para estimular ações criativas com impacto social, ajudando a divulgar as iniciativas e captando recursos.

Entre os projetos apoiados pelo ReciproCidade estão a Orquestra Sinfônica de Heliópolis, o Parque da Vila, o Horas da Vida e o Fator Talento.

Compartilhe: