10 passeios baratos para fazer em São Paulo

O Parque da Independência abre diariamente, a partir das 5h

Cidade

Por: Redação | Comunicar erro

Você tem 10 belos motivos para curtir todos os encantos da capital!

Que tal aproveitar que vai ficar em SP e curtir o que a cidade tem de melhor? A fim de facilitar seu rolê pela cidade, listamos 10 lugares que merecem uma visita!

Abaixo, você encontra passeios culturais para todos os gostos e idades, sem pesar no seu bolso: todos os lugares têm entrada até R$ 13!  Confira a lista e programa-se:

Cachoeira Véu de Noiva - Núcleo do Engordador
Cachoeira Véu de Noiva – Núcleo do Engordador
  • Parque da Cantareira – Núcleo do Engordador

Adoro este parque: as trilhas são fáceis e curtas, a paisagem é espetacular, bem-estruturado, com playgrounds, área para piqueniques, trilhas bem sinalizadas, casa das máquinas e pequenas quedas d´água e riacho para se refrescar. O Núcleo Engordador fica no extremo norte de São Paulo, abrange Guarulhos, Mairiporã e Caieiras e tem transporte público que para bem pertinho.

É um passeio para todas as idades, as crianças vão amar. A trilha principal é a da Cachoeira com 3,5 km, mas há outras mais curtas. Não se esqueça de levar lanches é água, porque não há lanchonetes dentro do parque, nem por perto.

Parque Estadual da Cantareira – Núcleo Engordador
R$ 13 e R$ 6,50 (meia entrada)
Funciona sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h

  • Jardim Botânico

Ainda tem gente que não sabe que São Paulo tem um Jardim Botânico incrível. Eu conheci há pouco mais de um ano e me surpreendi com um dos jardins/parque mais bonitos de São Paulo. O que eu mais gostei foi o paisagismo e a tranqüilidade. O lugar é para contemplar a natureza, relaxar, fazer caminhadas leves, estar com os amigos e a família. Como não é permitida a prática de esportes, nem animais de estimação, o Jardim Botânico acaba sendo mais sossegado que os outros parques.  O lugar abriga uma estufa de plantas, um lindo lago de ninfeias, uma escadaria histórica e é comum ver ensaios fotográficos, portanto prepare o celular ou a câmera. Apesar de ter lanchonete, pense em compartilhar a comida com os amigos, pegue uma toalha ou canga e faça um piquenique no gramado.

Jardim Botânico de São Paulo
R$ 6 e R$ 3 (meia entrada)
Funciona de terça a domingo, das 9h às 17h

Lago das Ninfeias do Jardim Botânico de São Paulo
Lago das Ninfeias do Jardim Botânico de São Paulo Foto: Patrícia Ribeiro/ Passeios Baratos em SP
  • Pico do Jaraguá

São Paulo é tão grande quando vemos do alto é que temos uma dimensão do tamanho da cidade. Um passeio muito legal que alia belas paisagens e caminhada é conhecer o Pico do Jaraguá pela trilha do Pai Zé. Ok, quem não quiser, não precisa andar, o pico tem acesso de carro, mas vai perder de apreciar um visual incrível, inclusive, é possível avistar aves e os sagüis pelo caminho. A trilha é curta, mas é íngreme, quem não tem resistência vai se cansar, mas depois que você chega lá em cima vê aquele visual, esquece o cansaço. O parque, que fica na zona oeste da capital, tem dois mirantes:  primeiro é o Pico do Papagaio, com 1.127 metros, abriga a torra da rede Cultura.

Pico do Jaraguá tem 1.135 metros e a torre da rede Bandeirantes fica lá. O acesso aos mirantes se dá para uma escada de 360 degraus, mas a vista de 3600 graus vale a pena o esforço. Vá bem cedo, porque se tiver sol, depois das 10h fica lotado. Infelizmente, o parque não oferece estrutura  de alimentação, apenas alguns ambulantes, portanto é essencial levar um lanche reforçado e muita água.

Parque Estadual do Jaraguá – Antônio Cardoso Nogueira 539 – Vila Chica Luiza, Km 18 via Anhanguera.
Grátis
Diariamente, das 7h às 17h

Pico do Jaraguá
Pico do Jaraguá Foto: Patrícia Ribeiro/ Passeios Baratos em SP
  • Cachoeira do Jamil

Sim, São Paulo tem cachoeiras e esta especialmente é muito bonita. Fica no extremo sul da cidade, o acesso não é tão fácil, mas dá para ir de carro ou fazer uma trilha. O complexo do Jamil fica numa propriedade privada. Tudo é muito simples e necessário respeitar a sinalização de não ultrapassar certos pontos na área. Para mim foi uma grata surpresa encontrar tanta cachoeira e rios limpos e abundantes na capital. Não há lugar para comer, se for passar o dia, tem que levar lanche reforçado e água. Se tiver um dia de sol, aproveite para entrar na água e se refrescar, você sairá revigorado.

Cachoeira do Jamil, Estrada do Evangelista, Barragem
R$ 10
Funciona das 8h às 17h

Como chegar: pegar o ônibus Terminal Parelheiros, que sai do Terminal Santo Amaro ou do Terminal Vila Mariana, ou em qualquer ponto da avenida Teotônio Vilella A partir do Terminal Parelheiros, pegar o ônibus Barragem, descer no final, e ir até a linha do trem, caminhar até a Estação Evangelista de Sousa, passando a estação do lado esquerdo tem uma trilha que leva até o Jamil, na porta tem um sino, é só tocar o sino e esperar virem abrir a porta. São 10 km de caminhada. Como chegar de carro: clique aqui no mapa

  • Planetário do Ibirapuera

O Planetário é um passeio que indico para todas as idades. Muitas crianças nunca viram um céu bem estrelado. Infelizmente, a iluminação e poluição de São Paulo não deixam ver nossas estrelas. No Planetário, além de estrelas, vão ver planetas e muitas explicações legais sobre a nossa galáxia e o melhor é que este passeio é gratuito!

Parque Ibirapuera
Grátis
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 10

Planetário Professor Aristóteles Orsini no Parque Ibirapuera
Planetário Professor Aristóteles Orsini no Parque Ibirapuera Foto: Divulgação Prefeitura de São Paulo
  • Theatro Municipal de São Paulo

Um dos lugares mais bonitos de São Paulo, o prédio imponente é palco de óperas, balés, concertos e peças de teatro. Muita gente acha que os espetáculos são caros, mas há também programação popular. Que tal conhecer a  história, arquitetura e bastidores deste teatro incrível numa visita guiada? Eu já fiz esta visita duas vezes e recomendo.

A monitora conta histórias sobre a construção, inauguração do teatro, fala sobre a Semana Modernista de 1922 e muitas curiosidades. Os visitantes têm acesso ao salão subterrâneo e se não tiver ensaio, também visitam a sala de espetáculos.

Theatro Municipal de São Paulo Praça Ramos de Azevedo, s/n – República
Grátis
Metrô Anhangabaú e República

Teatro Municipal: plateia.
Platéia do Theatro Municipal de São Paulo Foto: Divulgação
  • Vila Madalena

A charmosa Vila Madalena tem variedade e diversão de noite e de dia. Bairro boêmio, cheio de bares, restaurantes e baladas, durante o dia também tem vários atrativos. Passear pelas ruas do bairro é muito agradável, você observa arte urbana e grafite por todos os lados, além de várias galerias de arte e charmosas lojinhas, brechós e os eventos que rolam todo final de semana no Armazém da Cidade.

Comece seu passeio pela Rua Fradique Coutinho, onde tem a Livraria da Vila e várias galerias. Continue pela rua Harmonia onde há mais galerias charmosas e lojas como a UrbanArts e a galeria A7ma. Entre as rua Aspicuelta e Harmonia fica grande concentração de bares, restaurantes e lojas de arte, mas os lugares mais bacanas são os grafites do Beco do Aprendiz (acesso pela rua Padre João Gonçalves) e do Beco do Batman, acesso pela rua Gonçalo Afonso). Prepare a câmera para registrar muita arte, cor e criatividade.

Para chegar de metrô, desça na estação Fradique e vá subindo a rua a pé em direção a rua Cardeal Arcoverde. Este roteiro de cultura e arte vale muito a pena e você não gasta absolutamente nada.

Beco do Batman
Beco do Batman Foto: divulgação
  • Cripta da Sé

A Catedral da Sé é uma das mais bonitas que visitei não deixando nada a dever a NotreDame de Paris e a Sagrada Família de Barcelona. O que a maioria das pessoas não sabe é que podemos fazer uma visita monitorada na cripta que fica no subsolo da catedral. É uma capela subterrânea que guarda os restos mortais de cardeais, arcebispos e personalidades históricas como o cacique Tibiriça. Não tem nada de sombrio. É muito bonita. A catedral é decorada por ornamentos que representam nossa fauna e flora em todos os capitéis (colunas) em arte de cantaria.  Também tem várias estátuas em baixo-relevo,  produzidos na Itália e trazidos para São Paulo poucos antes da inauguração.

A ideia de construir uma nova catedral foi do arcebispo de São Paulo, Dom Duarte Leopoldo e Silva,  em 1912, mas sua inauguração só aconteceu em 25 de janeiro de 1954, no aniversário de 400 anos da cidade de São Paulo.

Catedral da Sé Praça da Sé, s/n – Centro
R$ 7

Cripta da Catedral da Sé
Cripta da Catedral da Sé Foto: Denis Mastro.
  • Parque da Independência

A data de 7 de setembro nos remete ao Parque da Independência, onde ocorreu o famoso Grito do Ipiranga. O Monumento à Independência impressiona. Já repararam nos detalhes? A escultura gigantesca é impressionante. Construído em granito e bronze, projetado pelo escultor italiano Ettore Ximenes, no monumento estão as principais figuras relativas à história da independência do Brasil. No interior do Monumento está a Cripta ou Capela Imperial, inaugurada em 1952, onde estão depositados os restos mortais de Dom Pedro I e das Imperatrizes Dona Maria Leopoldina e Dona Amélia.

Por todos os lados, gente andando de patins, skate e embaixo das árvores as pessoas fazem piquenique. Aproveite para conhecer a Casa do Grito que fica ali.  O nome “originou-se do fato desta casa figurar na pintura “Independência ou Morte”, representação mais conhecida do episódio de 7 de setembro de 1822, e que está exposta no Museu Paulista da USP. Atrás do museu, um bosque super agradável e arborizado para fazer caminhadas e com parquinho para as crianças.

Parque da Independência – Av. Nazaré, s/no – Ipiranga
Grátis
Diariamente, das 5h às 20h

Parque do Ipiranga
Parque da Independência Foto: Joca Duarte/ SVMA
  • Parque Trianon

O Parque Tenente Siqueira Campos foi inaugurado em abril de 1892 com a abertura da Avenida Paulista. Recebeu sua denominação atual em homenagem a um dos heróis da Revolta Tenentista, Antônio de Siqueira Campos. O parque possuí uma reserva de Mata Atlântica e é um ótimo local para quem quer fugir por alguns instantes da fervilhante Avenida Paulista.

Rua Peixoto Gomide, 949 – Cerqueira César
Grátis
Funciona de segunda-feira a domingo, das 6h às 18h


Compartilhe:

Autor: Por: Redação