ADIADO: Cine Belas Artes celebra Mês da Mulher

Considerando o cenário de combate ao COVID-19, a mostra foi pausada por tempo indeterminado. Veja o comunicado oficial:

Por: Redação

Com a mostra “Mês da Mulher”, o Cine Belas Artes vai estender sua celebração ao Dia Internacional da Mulher com uma programação 100% feminina, que toma conta das terças de março no cinema de rua.

mês da mulher no cine belas artes
Crédito: ReproduçãoEm comemoração ao Mês da Mulher, o Petra Belas Artes exibirá filmes dirigidos por mulheres, em todas as terças do mês de março!

A programação tem cinco filmes dirigidos por cineastas de reconhecimento internacional, entre eles “Bastardos”(2013), da francesa Claire Denis, indicado ao Prêmio Un certain Regard, no Festival de Cannes; “Tomboy” (2011), da também francesa Céline Sciamma, vencedor do prêmio Teddy Bear do Júri no Festival de Berlim; “Movimentos Noturnos”(2013), da americana Kelly Reichardt, indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza; e “Caramelo”(2007), da libanesa Nadine Labaki, vencedor do Prêmio do Público no Festival de San Sebastián.

O quinto filme da Mostra “Mês da Mulher”, “Guerra ao Terror”(2008), de Kathryn Bigelow, foi vencedor do Oscar em seis categorias, incluindo Melhor Filme e Melhor Direção. O único Oscar de melhor direção para uma mulher em toda a história da Academia!

Kathryn Bigelow poses backstage with the Oscar for best achievement in directing for "The Hurt Locker" at the 82nd Academy Awards, in the Hollywood section of Los Angeles Oscars - Press Room, Los Angeles, USA
Crédito: Photo by Matt Sayles/AP/REX/ShutterstockKathryn Bigelow entrou para a história do cinema por ser a primeira mulher a ganhar o Oscar de Melhor Direção pelo filme ‘Guerra ao Terror’

Talentosas e cheias de grandes histórias para contar, nesta homenagem, Claire, Céline, Kathryn, Kelly e Nadine representam todas as mulheres do mundo, dentro e fora do cinema!

SP GANHA COMPLEXO DE CINEMA PRA NINGUÉM BOTAR DEFEITO

As sessões acontecem nos dias 3, 10, 17, 24 e 31 de março, sempre às 21h. Os ingressos para a Mostra “Mês das Mulher” custam R$ 12 para todo mundo! Para garantir o seu, acesso o site do Cine Belas Artes aqui. ;)

Bora conhecer um pouco mais dos longas que tomam conta do Belas Artes? 

  • Dia 3/03

Em “Bastardos”, estrelado por Vincent Lindon e Chiara Mastroianni, a diretora e roteirista Claire Denis, com seu estilo provocador, expõe a chocante degradação de uma família francesa. Tudo começa com o suicídio de um empresário à beira da falência, e, a partir daí, o que poderia parecer uma consequência da crise econômica europeia vai tomando rumos inesperados, com escândalos e novas tragédias que se anunciam.

  • Dia 10/03

“Tomboy” foi o filme que tornou a diretora Céline Sciama mundialmente famosa, conquistando muitos admiradores no Brasil, inclusive, onde foi lançado com sucesso nos cinemas. Protagonizado pela excelente Zoé Héran, o longa conta a história de uma família francesa que se muda para um novo bairro, e Laure, a filha de 10 anos, que se identifica como menino, resolve se apresentar para as crianças do lugar como um garoto chamado Mikhael, sem que os pais dela tenham conhecimento desta sua escolha.

  • Dia 17/03

“Guerra ao Terror”, de Kathryn Bigelow, se passa durante a Guerra do Iraque, quando um sargento designado para um esquadrão antibomba do exército entra em desacordo com os companheiros de missão, devido à sua maneira dissimulada de lidar com o trabalho.

  • Dia 24/03

Estrelado por Jesse Eisenberg e Dakota Fanning, “Movimentos Noturnos”, de Kelly Reichardt, acompanha a história de Josh e Dena, um casal de ativistas extremistas que planejam a maior ação de suas vidas: explodir uma usina hidrelétrica. Mas o plano acaba se tornando arriscado demais, muito além do que eles poderiam imaginar.

  • Dia 31/03

Em tom de comédia, “Caramelo”, de Nadine Labaki, tem história ambientada em um salão de beleza em Beirute. Neste lugar, cinco mulheres trocam confidências amorosas e procuram saídas para conflitos acerca do amor, da família e da busca pela felicidade. A diretora recebeu o Prêmio do Júri no Festival de Cannes por “Cafarnaum” (2018), que também foi indicado ao Oscar 2019 de Melhor Filme Internacional, representando o Líbano.

Aproveite mais do cinema de rua paulistano: