Imagem do Topo

Noitão Belas Artes tem pré-estreia do terror ‘Operação Overlord’

Maratona ainda exibe os clássicos ‘A Mosca’ e ‘Re-Animator - A Hora dos Mortos Vivos’, além de um filme surpresa

Por: Redação | Comunicar erro
01
de novembro 2018
A partir das 23h30

Seres horripilantes e assustadores são o tema da próxima edição do Noitão no Caixa Belas Artes, que acontece nesta quinta-feira, dia 1º de novembro, a partir das 23h30. A maratona tem como destaque a pré-estreia de “Operação Overlord” (2018), o novo filme produzido pelo celebrado cineasta J. J. Abrams (“Além da Escuridão: Star Trek” e “Star Wars: O Despertar da Força”), que chega às salas de cinemas de todo o mundo no dia 8.

Cena de Operação Overlord
Crédito: reprodução“Operação Overlord” é o novo filme produzido por J.J. Abrams, que também dirigiu “Star Wars: O Despertar da Força” e “Além da Escuridão: Star Trek”

Os ingressos para os três filmes exibidos na noite custam R$36 e já estão à venda aqui. Corre que ainda dá tempo!

Com direção do cineasta australiano Julius Avery, “Operação Overlord” (2018) se passa algumas horas antes do Dia D, como ficou conhecida a data em que os soldados norte-americanos desembarcaram na Normandia, na França, na Segunda Guerra Mundial. Na trama, um time de paraquedistas americanos chega a um vilarejo francês com a difícil tarefa de destruir um transmissor de rádio no topo de uma igreja fortificada.

Durante a missão, os soldados acabam descobrindo um laboratório nazista misterioso embaixo da igreja, onde acontecem experiências bizarras com seres humanos. Eles terão que enfrentar um poderoso exército nunca visto antes de criaturas grotescas. O filme será exibido nas duas salas do Noitão.

O clássico cult “A Mosca” (1986), do canadense David Cronenberg, também é projetado na Sala 1. No filme, o excêntrico cientista Seth Brundle decide testar a eficácia de seu dispositivo de teletransporte e acaba sofrendo uma mutação genética graças a uma mosca que sobrevoava o laboratório. Ele acha que o experimento foi um sucesso até perceber que as células da mosca estão deformando seu corpo.

Já “Re-Animator – A Hora dos Mortos-Vivos” (1985), de Stuart Gordon, é o terror exibido na Sala 2. O longa conta a história de um estudante de medicina e sua namorada que pesquisam a reanimação de tecidos mortos. Essa prática pode acabar se tornando perigosa quando um misterioso estudante novo se envolve nos experimentos.

Como já é praxe no Noitão, a terceira sessão nas duas salas projeta um filme surpresa. Além de assistir aos longas, o público participa de sorteios de prêmios e os “sobreviventes” da noite ganham um kit de café da manhã ao final da maratona.