Posto 6 em Copacabana: poucos metros de praia e muita coisa pra fazer

Conhecido como Praia dos Pescadores, trechinho do Posto 6 tem muita coisa legal reservada para turista e moradores desatentos

Por: Publi

Logo ali, quase no Arpoador, o Posto 6 em Copacabana pode passar desapercebido pelos olhares mais desatentos por conta dos seus poucos metros. Mas mesmo para os mais ávidos pelo sol nas areias mais concorridas desse Brasilzão, tem, além de espaço para curtir praia, muita coisa pra fazer. Vai por nós!

Por exemplo, se você aparecer por lá bem cedinho, com o céu aberto, dá pra ver o lindíssimo nascer do sol no marzão de Copa e observar o movimento dos pescadores lançando as redes e empurrando os barcos para o mar. É como estar dentro de um filme de arte!

Pescadores da Colônia de Pescadores do Posto 6 em copacabana indo pescar cedo
Crédito: Mauricio SusinO trecho do Posto 6 antigamente era conhecido como Praia dos Pescadores

Não é de madrugar? Tem problema não! Ainda assim dá para ir à Colônia dos Pescadores Artesanais de Copacabana, a segunda mais antiga do Brasil. Lá você pode comprar peixes e mariscos fresquinhos, todos os dias.

A Colônia foi fundada oficialmente em 1923, mas a presença dos pescadores na região é beeeem mais antiga! No século 17, o atual Posto 6 em Copacabana era conhecido como Praia das Pescarias. Uma foto de Marc Ferrez, de 1895, já mostrava canoas no local (infelizmente, não se tem registros dessa foto na internet).

Atualmente, a Colônia resiste à expansão urbana e mantém vivo um estilo de vida cada vez mais ameaçado pela pesca industrial e poluição. A National Geographic Brasil fez uma reportagem exclusiva sobre os últimos pescadores presente por lá.

Do lado da Colônia de Pescadores tem uma casinha que abriga a sede do projeto Ilhas do Rio, dedicado à conservação das Ilhas Cagarras.

posto 6 em copacabana e forte visto de cima
Crédito: Gabriel Heusi/Heusi ActionUm trechinho de areia pequeno, mas que carrega muuuita coisa pra se fazer!

O projeto não é só de pesquisa científica e tem também o objetivo de conscientizar a sociedade em relação à preservação ambiental e ao turismo sustentável do Monumento Natural das Cagarras. Premissas muito importantes no contexto atual brasileiro.

Na sede do projeto, são realizadas exposições temporárias sobre as temáticas de pesquisa do projeto Ilhas do Rio. A cada dois meses, o tema da exposição se renova, abordando todas as linhas de pesquisa do projeto.

O espaço tem como objetivo propiciar uma aproximação dos visitantes por meio de conteúdo fornecido pelo projeto, como painéis informativos, um aquário marinho com espécies do Monumento Natural das Ilhas Cagarras, material audiovisual, miniexposições, minicursos, oficinas e palestras com enfoque principalmente na biodiversidade.

View this post on Instagram

#ProjetoIlhasdoRio #PatrocínioPetrobras Essa semana começa a Colônia de Férias Sementes do Marapendi, realizada pelo Parque Municipal Natural de Marapendi. Na sexta-feira, dia 26 de julho, o Projeto Ilhas do Rio estará presente com sua Exposição Interativa, apresentando a biodiversidade do Monumento Natural das Ilhas Cagarras com fotos exclusivas e espécimes representativos das ilhas, com a coleção zoológica didático-científica da Seção de Assistência ao Ensino (SAE) do Museu Nacional/UFRJ. Também haverá contação de história, com nossa equipe de Educação Ambiental, que apresentará a cartilha infantil do Projeto Ilhas do Rio. Venha participar, trazer a criançada para aprender na prática, de forma lúdica e interativa! 🗓 26 de julho de 2019 🕘 Exposição Itinerante – 9h às 12h | Contação de história – 10h20 (público: crianças de 4 a 6 anos) 📍Parque Natural Municipal de Marapendi – Av. Alfredo Baltazar da Silveira, s/no – Recreio dos Bandeirantes Ingresso: 1kg de ração para cães e gatos (doação para a ONG Indefesos) Inscrições limitadas pelo email: ceamarapendi@gmail.com (enviar nome, idade e telefone para contato de um responsável). #educaçãoambiental #educaçãoinfantil #projetoilhasdorio #institutomaradentro #parquenaturalmunicipaldemarapendi #monacagarras #monumentonaturaldasilhascagarras #icmbio #governofederal @petrobras 📷 @rainer.seff

A post shared by Projeto Ilhas do Rio (@projeto_ilhas_do_rio) on

A casa do Projeto Ilhas Cagarras fica aberta pra visitação de quinta a domingo, das 9h às 18h. A entrada é gratuita e o conhecimento ilimitado!

Tudo isso é muito legal e vale MUITO você dar um confere. Mas a maior atração do Posto 6 em Copacabana é o Forte.

Lá dentro fica o Museu Histórico do Exército. O destaque é seu exterior – que é lindo, por sinal – debruçado sobre o mar. Dos parapeitos para o mar, você tem uma visão completa de Copacabana, do Leme, do Arpoador e, não obstante, do Pão de Açúcar.

Ali no forte, dá pra passar um tempinho tirando fotos no pátio dos canhões ou nas prainhas, que são acessíveis só pelo Forte. Só não esqueça de tomar café da manhã ou de se deliciar durante almoço na Confeitaria Colombo.

Mais dicas sobre esse clássico gastronômico do Rio, você confere nesse vídeo do Colaí:

É praia que você quer? É praia que a gente vai indicar também! Ali no Posto 6 em Copacabana, as águas são disputadas pela galera da natação no mar e do stand up paddle.

Várias barracas na areia alugam pranchas por R$ 50, R$60, a hora. Você até pode pagar por uma aulinha de stand up, que não é difícil de aprender.

Como o mar é mais tranquilo, o lugar é um ótimo lugar para levar crianças também! Sem contar que ali é um rolé fácil de chegar. Então nem esquenta, chama seu 99 e partiu Posto 6!

Ah… já íamos esquecendo: sabe aquela estátua do Carlos Drummond de Andrade que geral tira foto? Também fica ali no Posto 6! O poeta adorava sentar naqueles bancos para ver o mar. <3 Drummond não está só e tem a companhia ilustre da estátua de Dorival Caymmi.

Crédito: LuomanA famosa estátua de Carlos Drummond de Andrade fica no Posto 6 em Copacabana

Quer mais dicas legais para explorar o Rio? Seus problemas acabaram: fica de olho aqui na Catraca Livre, que a gente tem roteiros incríveis para você colar com o seu 99, que garante a dupla imbatível preço e qualidade!

Dicas de ouro escondidas no Rio:

1
Almoço perfeito em BH no Mercado Novo
Que a comida mineira é uma delícia, todo mundo já sabe, mas almoço perfeito mesmo, é no Mercado Novo de …
2
Bar da Laje: a melhor vista do Rio de Janeiro
Colaí que hoje o passeio é lá no alto! Vamos subir o Morro do Vidigal para conferir tudo sobre o …
3
Ópera do Arame: símbolo emblemático de Curitiba
Entre lagos, vegetação típica e cascatas, numa paisagem singular, está a Ópera do Arame. Colaí que eu vou te contar porque …
4
Cisne Branco: Espaço cultural flutuante em Porto Alegre
Verdadeiro ícone de Porto Alegre, o barco Cisne Branco é referência quando se fala de rolê flutuante! Colaí pra navegar nessas …
5
As obras de Niemeyer espalhadas por BH
Você sabia que há várias obras de Niemeyer espalhadas por BH? Colaí que eu vou mostrar pra você!
6
Poço da Panela: um roteiro imperdível e relax no Recife
Pensando em roteiros diferentes e alternativos para curtir o Recife? Que tal conhecer o histórico bairro do Poço da Panela? …
7
O melhor acarajé de BH é na Feira Hippie
A Feira Hippie é a maior feira da América Latina! Lá você encontra de tudo, inclusive, o melhor acarajé de …
8
Um pulo na ponta do Humaitá e no Forte de Monte Serrat, em Salvador
Um dos lugares mais charmosos de Salvador, com privilegiada vista da Baía de Todos os Santos e um pôr de …