Museu do Amanhã tem programação cabeça para curtir de casa

Curta aulas de yoga, bate-papos, clube do livro, exposições online e muito mais!

Por: Redação

Nesta quarentena, um dos mais tecnológicos centros culturais do país, o Museu do Amanhã, nos convida a pensar sobre os rumos do planeta e sobre o que será da humanidade depois que a pandemia do coronavírus passar.

A programação online da instituição, que pode ser conferida no Facebook e Instagram, tem bate-papos, aulas de yoga, clube do livro e muito mais!

Museu do Amanhã
Crédito: @museudoamanha/FacebookMuseu do Amanhã tem programação online para refletir sobre os rumos da humanidade pós-Coronavírus

Se você ainda não conhece o Museu do Amanhã, pode começar esse rolé contemplando o moderno projeto arquitetônico criado pelo espanhol Santiago Calatrava em um tour virtual na plataforma Google Arts & Culture.

#museuemcasa: FAÇA TOURS POR FAMOSOS MUSEUS BRASILEIROS SEM SAIR DE CASA!

Por meio desse link, dá para ter uma noção da dimensão desse complexo cultural em um passeio pelo lado de fora do museu. Também é possível conferir várias exposições que estiveram em cartaz por lá, como “A Época dos Humanos”, “Planeta em Metamorfose” e “Rios em Extinção”.

Sucesso no Museu do Amanhã em 2019, a exposição “Pratodo Mundo – comida para 10 bilhões” ganhou um tour virtual em 360º irado. A ideia da mostra era discutir o desafio de alimentar uma população mundial estimada em 10 bilhões de indivíduos até 2050.

exposição Pratodo Mundo
Crédito: Divulgação - Museu do AmanhãA exposição “Pratodo Mundo” discute o desafio de alimentar a população mundial até 2050

Os visitantes conferem várias intervenções artísticas que debatem temas como diversidade na produção de alimentos, respeito ao meio ambiente, redução da biodiversidade, mudanças no clima do planeta, desigualdade alimentar e qualidade nutricional. No passeio virtual, é possível passar por todas as salas da exposição, com direito a um tour guiado em áudio.

Outro destaque da programação são aulas de yoga, em parceria com o Instituto Mude, que são transmitidas ao vivo aos sábados, no YouTube. Para quem não participou desses encontros, é possível conferir as aulas anteriores neste canal:

A live “O Lado B da Crise: Emergência de Inovação” é um bate-papo bem interessante com Marcela Sabino, curadora de inovação do Museu do Amanhã, sobre como a tecnologia, o universo digital e a inteligência artificial podem melhorar nosso cotidiano, trabalho e saúdes física e mental nesta época de isolamento social.

O economista Sérgio Besserman também participou de uma conversa online com o tema “O que muda no amanhã com a pandemia?”. A ideia é discutir como a ciência pode ser usada para lidar com os principais impactos provocados pelo Covid-19.

Já o clube de leitura do museu também não foi interrompido. Ao final de cada mês, os participantes organizam encontros online para comentar o material indicado. O calendário do projeto e os livros podem ser conferidos aqui e os links dos encontros são disponibilizados na página do museu no Facebook.

Para conferir outros conteúdos interessantes em vídeo, acesse o canal do Museu do Amanhã no YouTube. E para acompanhar as datas das próximas transmissões online, fique ligade nas outras redes sociais da instituição.

Sobreviva à quarentena com outras dicas IRADAS para curtir em casa: 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.