Imagem do Topo

Projeto musical Quinta Justa tem curadoria de Branco Mello

Bandas de diversas gerações e estilos realizam apresentações intimistas todas as quintas

Por: Redação Comunicar erro
Até
11
de outubro 2018
Quinta
21h

Com curadoria do “titã” Branco Mello, o projeto Quinta Justa apresenta artistas dos mais diferentes estilos e gerações no Teatro Folha, em São Paulo, sempre às quintas, a partir de 6 de setembro. Os ingressos custam entre R$ 50 e R$ 80 e podem ser comprados pela internet.

Ana Cañas tocando violão no palco
Crédito: Hugo Alexandre - Divulgação - Teatro FolhaAna Cañas se apresenta no Teatro Folha dia 6 de setembro, às 21h
Close de Sérgio Britto
Crédito: Silmara Ciuffa - Divulgação - Teatro FolhaSérgio Britto se apresenta no Teatro Folha dia 13 de setembro, às 21h
Banda Autoramas na rua
Crédito: Paulo Aguiar - Divulgação - Teatro FolhaAutoramas se apresentam no Teatro Folha dia 20 de setembro, às 21h
João Suplicy ao ar livre
Crédito: Alexandre SuplicyJoão Suplicy Trio se apresenta no Teatro Folha dia 27 de setembro, às 21h
Fernando Salem em um cenário com uma cadeira, uma TV e um som
Crédito: Dimitri Lee - Divulgação - Teatro FolhaFernando Salem se apresenta no Teatro Folha dia 4 de outubro, às 21h
Banda Mattilha em frente a uma parede pichada
Crédito: Anderson Ilmar - Divulgação - Teatro FolhaMattilha se apresenta no Teatro Folha dia 11 de outubro, às 21h
Banda Sioux 66
Crédito: Leonardo Palma Benaci - Divulgação - Teatro FolhaSioux 66 se apresenta no Teatro Folha dia 11 de outubro, às 21h

Para a seleção, Mello apostou em músicos que ele admira e que fazem parte da sua história – sempre misturando nomes consagrados com estreantes.

Quem dá o start no projeto no dia 6 de setembro, às 21h, é a cantora Ana Cañas, com o show “Voz e Violões”. No repertório estão versões para “Tigresa”; “Eu Amo Você”, clássico de Tim Maia; e “Velha Roupa Colorida”, de Belchior. Além disso, elaapresenta uma música inédita, que está em seu novo disco.

A programação segue com Sérgio Britto no dia 13 de setembro, às 21h, com o show “Voz e Piano”. O compositor, cantor e instrumentista é integrante da banda Titãs e nos últimos anos desenvolve um projeto solo de “bossa-nova pop”. Já em seu quarto álbum, gravou, com participação especial de Rita Lee, a premiada “Purabossanova “ ( eleita a melhor música do ano pelo juri da radio MPB FM em 2014 ). Para esta apresentação, ele escolheu tanto canções que foram compostas especificamente para o piano, como, “Epitáfio” e “Enquanto Houver Sol”, quanto músicas que foram transcritas para este instrumento, como “Homem Primata”e “Flores”.

No dia 20 de setembro, às 21h, quem sobre aos palcos do Teatro Folha é a banda Autoramas, com o show “Autoramas – 20 Anos”. No repertório, com repertório, músicas como “Fale mal de Mim”, “Quando A Polícia Chegar”, “Nada a Ver”, “Você Sabe”, “Mundo Moderno”, “I Saw You Saying”, “Paciência”, “1,2,3,4”, “Abstrai” e “Jogos Olímpicos” – mais canções do oitavo disco.

O João Suplicy Trio é a atração do dia 27 de setembro, às 21h. No show, composições, como “Um Abraço e Um Olhar”, “Deixa o tempo trabalhar”, “Solteiro e Vagabundo” e “Santa e Louca” são entrelaçadas por suas versões para clássicos de  Benito de Paula a David Bowie.

Em outubro, o primeiro show acontece no dia 4, às 21h, e é do Fernando Salem, comemorando o lançamento do eDisc “Eu Segundo Eu”. No palco, ele canta e conversa em total sincronia com imagens de diferentes fases da sua carreira projetadas na grande tela. Enquanto isso, no movie-show, apresenta “Dias Melhores”, inédita parceria com Arnaldo Antunes; em dueto com Caetano Veloso no telão, canta “Rugas na Pele do Samba”; com Paulo Miklos se diverte via Skype interpretando “Eu Vou Tirar Você Desse Lugar”.

No dia 11 de outubro, às 21h, é a vez das bandas Sioux 66 e Mattilha. A amizade entre estes integrantes existe desde antes da criação dos grupos e é celebrado com o lançamento dos singles “Sem Tempo Ruim” e o “A Hora é Essa”. Agora, as duas bandas se preparam para pegar a estrada juntas e mostrar que o rock ‘n’ roll brasileiro permanece vivo.

As apresentações seguem até novembro, mas os músicos ainda não estão confirmados. Para mais informações, acompanhe o site do teatro.