Últimas notícias:

Loading...

Semana Venezia projeta filmes italianos em cinco capitais brasileiras

Mostra exibe seleção de longas que se destacaram no "71º Festival Internacional de Cinema de Veneza"

Por: Redação

Os cinéfilos de plantão não podem perder a décima edição da “Semana Venezia Cinema no Brasil”, que exibe uma seleção de longas-metragens da 71ª edição do “Festival Internacional de Cinema de Veneza” em cinco capitais brasileiras. A mostra tem início em Brasília, de 25 a 29 de novembro, nas salas do Cine Brasília e do Espaço Itaú Casa Park.

Em seguida, o projeto ocupa o Cine Belas Artes, em Belo Horizonte,  de 29 de novembro a 3 de dezembro; o Espaço Itaú Cristal Plaza, em Curitiba, de 3 a 7 de dezembro; o Espaço Itaú, no Rio de Janeiro, de 7 a 11 de dezembro; e o Cine Livraria Cultura, em São Paulo, de 11 a 15 de dezembro. As sessões acontecem sempre às 19h, com entrada Catraca Livre.

Confira abaixo imagens dos filmes da “Semana Venezia Cinema no Brasil”:

Com a proposta de conquistar o gosto dos brasileiros pelo novo cinema italiano, a mostra exibe quatro obras ainda inéditas aqui. Um dos destaques é o documentário “Itália em um dia”, em que o cineasta Gabriele Salvatores pede para alguns cidadãos italianos filmarem um dia de suas vidas, usando qualquer recurso audiovisual disponível.

Outra atração é a projeção do clássico “Um dia Muito Especial” (1977), de Ettore Scolla, recentemente restaurado em formato digital pela Cineteca Nazionale di Roma. O longa narra a paixonite da mãe de família Antonietta por seu vizinho Gabriele, durante os preparativos para a visita de Hitler a Roma, em maio de 1938.

A mostra exibe ainda: “O jovem fabuloso”, de Mario Martone; “A sopa do diabo”, de Davide Ferrario; e “Eu estou com a noiva”, de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry.

Considerado um dos eventos sobre a Sétima Arte mais antigos do mundo, o Festival Internacional de Veneza é responsável pelo lançamento dos principais títulos contemporâneos produzidos nesse país.

A semana é uma realização da Embaixada da Itália em Brasília, da Bienal de Veneza e da TIM.

Confira abaixo a programação da “X Semana Venezia Cinema no Brasil”:
Brasília
Terça-feira, dia 25 de novembro
19h
“Um dia muito especial” (1977), de Ettore Scola

Sinopse: em maio de 1938, Hitler visitaria Roma e para tal preparavam-se boas vindas grandiosas. Num edifício de um bairro popular, a família Tiberi se prepara para o evento. A mãe Antonietta, depois ter ajudado os seis filhos a arrumarem-se para a festa fica em casa sozinha para cuidar do trabalho doméstico. Apesar das fofocas, Antonietta conhece o vizinho Gabriele, locutor radiofônico. O dialogo entre os dois torna-se cada vez mais intenso o que leva Antonietta a expressar a sua atração com um beijo. O homem a recusa, confessando a própria homossexualidade. Ela reage com violência. Mas, antes de voltarem para as próprias vidas, o longo dia dera de presente pra eles um momento de amor.

Local: Cine Brasília

Quarta-feira, dia 26 de novembro
19h
“O Jovem Fabuloso” (2014), de Mario Martone

Sinopse: Giacomo Leopardi é um menino prodígio que cresce embaixo do olhar implacável do pai, numa casa que é uma biblioteca. A mente dele divaga, mas o mundo está lá fora. Na Europa o mundo muda, estouram as revoluções e Giacomo procura desesperadamente estabelecer contato com o universo externo. Aos 24 anos, quando sai finalmente de Recanati, a alta sociedade italiana abre as portas para ele, mas o nosso rebelde não se adapta. Em Florença se envolve em um triangulo sentimental com Antonio Ranieri, o amigo napolitano com o qual compartilha a vida boêmia, e a belíssima Fanny.

Local: Cine Espaço Itaú Casa Park – Sala I

Quinta-feira, dia 27 de novembro
19h
“Itália em um dia” (2014), de Gabriele Salvatores

Sinopse: o diretor do filme pediu a diferentes italianos que gravassem um vídeo, realizado com qualquer tipo de tecnologia possível, nas 24 horas do dia 26 de outubro de 2013. Desejos, sonhos, medos, reflexões, tudo que parecesse importante naquele dia ou, simplesmente o que fosse visível da janela de casa. Italy in a Day é um diário emotivo, um censo das emoções e pensamentos dos italianos, a vontade de compartilhar os próprios sentimentos através das imagens. O primeiro experimento italiano de filme coletivo, não uma rede social, mas um filme social, no qual o material foi fornecido por qualquer pessoa que quisesse e a organização da narração é confiada a quem faz isso por trabalho.

Local: Cine Espaço Itaú Casa Park – Sala I

Sexta-feira, dia 28 de novembro
19h
“A sopa do diabo” (2014), de Davide Ferrario

Sinopse: o título do filme remonta a uma frase de Buzzati para descrever a produção de aço nas indústrias siderúrgicas de Taranto nos anos 60. Uma metáfora para descrever a utopia do progresso industrial e tecnológico percebido como solução para os problemas da humanidade. O filme é realizado com os materiais do Arquivo Nacional de Cinema das Empresas de Ivrea e conta a parábola do progresso na Itália a partir dos primeiros anos de 1900 até o começo dos anos 70. Uma ideia, aquela de um “futuro melhor” que hoje parece dramaticamente longe.

Local: Cine Espaço Itaú Casa Park – Sala I

Sábado, dia 29 de novembro
19h
“Eu estou com a noiva” (2014), de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry Orizzonti

Sinopse: um poeta sírio-palestino e um jornalista italiano encontram em Milão com cinco palestinos e sírios desembarcados em Lampedusa fugindo da guerra e decidem ajudá-los a continuar a viagem clandestina até a Suécia. Para evitar que fossem presos como traficantes de clandestinos, eles decidem encenar um casamento. Atravessam assim metade da Europa, numa viagem de 4 dias e três mil quilômetros. Num percurso cheio de emoções que, além de narrar histórias e sonhos dos protagonistas, mostra uma Europa desconhecida. O filme conta uma história real da viagem destes personagens de Milão até Estocolmo entre 14 e 18 de novembro de 2013.

Local: Cine Espaço Itaú Casa Park – Sala I
Belo Horizonte
Sábado, dia 29 de novembro
19h
“Um dia muito especial” (1977), de Ettore Scola

Sinopse: em maio de 1938, Hitler visitaria Roma e para tal preparavam-se boas vindas grandiosas. Num edifício de um bairro popular, a família Tiberi se prepara para o evento. A mãe Antonietta, depois ter ajudado os seis filhos a arrumarem-se para a festa fica em casa sozinha para cuidar do trabalho doméstico. Apesar das fofocas, Antonietta conhece o vizinho Gabriele, locutor radiofônico. O dialogo entre os dois torna-se cada vez mais intenso o que leva Antonietta a expressar a sua atração com um beijo. O homem a recusa, confessando a própria homossexualidade. Ela reage com violência. Mas, antes de voltarem para as próprias vidas, o longo dia dera de presente pra eles um momento de amor.

Local: Cine Belas Artes – Sala 3

Domingo, dia 30 de novembro
19h
“O Jovem Fabuloso” (2014), de Mario Martone

Sinopse: Giacomo Leopardi é um menino prodígio que cresce embaixo do olhar implacável do pai, numa casa que é uma biblioteca. A mente dele divaga, mas o mundo está lá fora. Na Europa o mundo muda, estouram as revoluções e Giacomo procura desesperadamente estabelecer contato com o universo externo. Aos 24 anos, quando sai finalmente de Recanati, a alta sociedade italiana abre as portas para ele, mas o nosso rebelde não se adapta. Em Florença se envolve em um triangulo sentimental com Antonio Ranieri, o amigo napolitano com o qual compartilha a vida boêmia, e a belíssima Fanny.

Local: Cine Belas Artes – Sala 3

Segunda-feira, dia 1º de dezembro
19h
“Itália em um dia” (2014), de Gabriele Salvatores

Sinopse: o diretor do filme pediu a diferentes italianos que gravassem um vídeo, realizado com qualquer tipo de tecnologia possível, nas 24 horas do dia 26 de outubro de 2013. Desejos, sonhos, medos, reflexões, tudo que parecesse importante naquele dia ou, simplesmente o que fosse visível da janela de casa. Italy in a Day é um diário emotivo, um censo das emoções e pensamentos dos italianos, a vontade de compartilhar os próprios sentimentos através das imagens. O primeiro experimento italiano de filme coletivo, não uma rede social, mas um filme social, no qual o material foi fornecido por qualquer pessoa que quisesse e a organização da narração é confiada a quem faz isso por trabalho.

Local: Cine Belas Artes – Sala 3

Terça-feira, dia 2 de dezembro
19h
“A sopa do diabo” (2014), de Davide Ferrario

Sinopse: o título do filme remonta a uma frase de Buzzati para descrever a produção de aço nas indústrias siderúrgicas de Taranto nos anos 60. Uma metáfora para descrever a utopia do progresso industrial e tecnológico percebido como solução para os problemas da humanidade. O filme é realizado com os materiais do Arquivo Nacional de Cinema das Empresas de Ivrea e conta a parábola do progresso na Itália a partir dos primeiros anos de 1900 até o começo dos anos 70. Uma ideia, aquela de um “futuro melhor” que hoje parece dramaticamente longe.

Local: Cine Belas Artes – Sala 3

Quarta-feira, dia 3 de dezembro
19h
“Eu estou com a noiva” (2014), de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry Orizzonti

Sinopse: um poeta sírio-palestino e um jornalista italiano encontram em Milão com cinco palestinos e sírios desembarcados em Lampedusa fugindo da guerra e decidem ajudá-los a continuar a viagem clandestina até a Suécia. Para evitar que fossem presos como traficantes de clandestinos, eles decidem encenar um casamento. Atravessam assim metade da Europa, numa viagem de 4 dias e três mil quilômetros. Num percurso cheio de emoções que, além de narrar histórias e sonhos dos protagonistas, mostra uma Europa desconhecida. O filme conta uma história real da viagem destes personagens de Milão até Estocolmo entre 14 e 18 de novembro de 2013.

Local: Cine Belas Artes – Sala 3
Curitiba
Quarta-feira, dia 3 de dezembro
19h
“Um dia muito especial” (1977), de Ettore Scola

Sinopse: em maio de 1938, Hitler visitaria Roma e para tal preparavam-se boas vindas grandiosas. Num edifício de um bairro popular, a família Tiberi se prepara para o evento. A mãe Antonietta, depois ter ajudado os seis filhos a arrumarem-se para a festa fica em casa sozinha para cuidar do trabalho doméstico. Apesar das fofocas, Antonietta conhece o vizinho Gabriele, locutor radiofônico. O dialogo entre os dois torna-se cada vez mais intenso o que leva Antonietta a expressar a sua atração com um beijo. O homem a recusa, confessando a própria homossexualidade. Ela reage com violência. Mas, antes de voltarem para as próprias vidas, o longo dia dera de presente pra eles um momento de amor.

Local: Espaço Itaú Cristal Plaza – Sala 1

Quinta-feira, dia 4 de dezembro
19h
“O Jovem Fabuloso” (2014), de Mario Martone

Sinopse: Giacomo Leopardi é um menino prodígio que cresce embaixo do olhar implacável do pai, numa casa que é uma biblioteca. A mente dele divaga, mas o mundo está lá fora. Na Europa o mundo muda, estouram as revoluções e Giacomo procura desesperadamente estabelecer contato com o universo externo. Aos 24 anos, quando sai finalmente de Recanati, a alta sociedade italiana abre as portas para ele, mas o nosso rebelde não se adapta. Em Florença se envolve em um triangulo sentimental com Antonio Ranieri, o amigo napolitano com o qual compartilha a vida boêmia, e a belíssima Fanny.

Local: Espaço Itaú Cristal Plaza – Sala 1

Sexta-feira, dia 5 de dezembro
19h
“Itália em um dia” (2014), de Gabriele Salvatores

Sinopse: o diretor do filme pediu a diferentes italianos que gravassem um vídeo, realizado com qualquer tipo de tecnologia possível, nas 24 horas do dia 26 de outubro de 2013. Desejos, sonhos, medos, reflexões, tudo que parecesse importante naquele dia ou, simplesmente o que fosse visível da janela de casa. Italy in a Day é um diário emotivo, um censo das emoções e pensamentos dos italianos, a vontade de compartilhar os próprios sentimentos através das imagens. O primeiro experimento italiano de filme coletivo, não uma rede social, mas um filme social, no qual o material foi fornecido por qualquer pessoa que quisesse e a organização da narração é confiada a quem faz isso por trabalho.

Local: Espaço Itaú Cristal Plaza – Sala 1

Sábado, dia 6 de dezembro
19h
“A sopa do diabo” (2014), de Davide Ferrario

Sinopse: o título do filme remonta a uma frase de Buzzati para descrever a produção de aço nas indústrias siderúrgicas de Taranto nos anos 60. Uma metáfora para descrever a utopia do progresso industrial e tecnológico percebido como solução para os problemas da humanidade. O filme é realizado com os materiais do Arquivo Nacional de Cinema das Empresas de Ivrea e conta a parábola do progresso na Itália a partir dos primeiros anos de 1900 até o começo dos anos 70. Uma ideia, aquela de um “futuro melhor” que hoje parece dramaticamente longe.

Local: Espaço Itaú Cristal Plaza – Sala 1

Domingo, dia 7 de dezembro
19h
“Eu estou com a noiva” (2014), de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry Orizzonti

Sinopse: um poeta sírio-palestino e um jornalista italiano encontram em Milão com cinco palestinos e sírios desembarcados em Lampedusa fugindo da guerra e decidem ajudá-los a continuar a viagem clandestina até a Suécia. Para evitar que fossem presos como traficantes de clandestinos, eles decidem encenar um casamento. Atravessam assim metade da Europa, numa viagem de 4 dias e três mil quilômetros. Num percurso cheio de emoções que, além de narrar histórias e sonhos dos protagonistas, mostra uma Europa desconhecida. O filme conta uma história real da viagem destes personagens de Milão até Estocolmo entre 14 e 18 de novembro de 2013.

Local: Espaço Itaú Cristal Plaza – Sala 1

Rio de Janeiro
Domingo, dia 7 de dezembro
19h
“Um dia muito especial” (1977), de Ettore Scola

Sinopse: em maio de 1938, Hitler visitaria Roma e para tal preparavam-se boas vindas grandiosas. Num edifício de um bairro popular, a família Tiberi se prepara para o evento. A mãe Antonietta, depois ter ajudado os seis filhos a arrumarem-se para a festa fica em casa sozinha para cuidar do trabalho doméstico. Apesar das fofocas, Antonietta conhece o vizinho Gabriele, locutor radiofônico. O dialogo entre os dois torna-se cada vez mais intenso o que leva Antonietta a expressar a sua atração com um beijo. O homem a recusa, confessando a própria homossexualidade. Ela reage com violência. Mas, antes de voltarem para as próprias vidas, o longo dia dera de presente pra eles um momento de amor.

Local: Espaço Itaú – Sala 4

Segunda-feira, dia 8 de dezembro
19h
“O Jovem Fabuloso” (2014), de Mario Martone

Sinopse: Giacomo Leopardi é um menino prodígio que cresce embaixo do olhar implacável do pai, numa casa que é uma biblioteca. A mente dele divaga, mas o mundo está lá fora. Na Europa o mundo muda, estouram as revoluções e Giacomo procura desesperadamente estabelecer contato com o universo externo. Aos 24 anos, quando sai finalmente de Recanati, a alta sociedade italiana abre as portas para ele, mas o nosso rebelde não se adapta. Em Florença se envolve em um triangulo sentimental com Antonio Ranieri, o amigo napolitano com o qual compartilha a vida boêmia, e a belíssima Fanny.

Local: Espaço Itaú – Sala 4

Terça-feira, dia 9 de dezembro
19h
“Itália em um dia” (2014), de Gabriele Salvatores

Sinopse: o diretor do filme pediu a diferentes italianos que gravassem um vídeo, realizado com qualquer tipo de tecnologia possível, nas 24 horas do dia 26 de outubro de 2013. Desejos, sonhos, medos, reflexões, tudo que parecesse importante naquele dia ou, simplesmente o que fosse visível da janela de casa. Italy in a Day é um diário emotivo, um censo das emoções e pensamentos dos italianos, a vontade de compartilhar os próprios sentimentos através das imagens. O primeiro experimento italiano de filme coletivo, não uma rede social, mas um filme social, no qual o material foi fornecido por qualquer pessoa que quisesse e a organização da narração é confiada a quem faz isso por trabalho.

Local: Espaço Itaú – Sala 4

Quarta-feira, dia 10 de dezembro
19h
“A sopa do diabo” (2014), de Davide Ferrario

Sinopse: o título do filme remonta a uma frase de Buzzati para descrever a produção de aço nas indústrias siderúrgicas de Taranto nos anos 60. Uma metáfora para descrever a utopia do progresso industrial e tecnológico percebido como solução para os problemas da humanidade. O filme é realizado com os materiais do Arquivo Nacional de Cinema das Empresas de Ivrea e conta a parábola do progresso na Itália a partir dos primeiros anos de 1900 até o começo dos anos 70. Uma ideia, aquela de um “futuro melhor” que hoje parece dramaticamente longe.

Local: Espaço Itaú – Sala 4

Sexta-feira, dia 11 de dezembro
19h
“Eu estou com a noiva” (2014), de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry Orizzonti

Sinopse: um poeta sírio-palestino e um jornalista italiano encontram em Milão com cinco palestinos e sírios desembarcados em Lampedusa fugindo da guerra e decidem ajudá-los a continuar a viagem clandestina até a Suécia. Para evitar que fossem presos como traficantes de clandestinos, eles decidem encenar um casamento. Atravessam assim metade da Europa, numa viagem de 4 dias e três mil quilômetros. Num percurso cheio de emoções que, além de narrar histórias e sonhos dos protagonistas, mostra uma Europa desconhecida. O filme conta uma história real da viagem destes personagens de Milão até Estocolmo entre 14 e 18 de novembro de 2013.

Local: Espaço Itaú – Sala 4
São Paulo
Sexta-feira, dia 11 de dezembro
19h
“Um dia muito especial” (1977), de Ettore Scola

Sinopse: em maio de 1938, Hitler visitaria Roma e para tal preparavam-se boas vindas grandiosas. Num edifício de um bairro popular, a família Tiberi se prepara para o evento. A mãe Antonietta, depois ter ajudado os seis filhos a arrumarem-se para a festa fica em casa sozinha para cuidar do trabalho doméstico. Apesar das fofocas, Antonietta conhece o vizinho Gabriele, locutor radiofônico. O dialogo entre os dois torna-se cada vez mais intenso o que leva Antonietta a expressar a sua atração com um beijo. O homem a recusa, confessando a própria homossexualidade. Ela reage com violência. Mas, antes de voltarem para as próprias vidas, o longo dia dera de presente pra eles um momento de amor.

Local: Cine Livraria Cultura – Sala 1

Sábado, dia 12 de dezembro
19h
“O Jovem Fabuloso” (2014), de Mario Martone

Sinopse: Giacomo Leopardi é um menino prodígio que cresce embaixo do olhar implacável do pai, numa casa que é uma biblioteca. A mente dele divaga, mas o mundo está lá fora. Na Europa o mundo muda, estouram as revoluções e Giacomo procura desesperadamente estabelecer contato com o universo externo. Aos 24 anos, quando sai finalmente de Recanati, a alta sociedade italiana abre as portas para ele, mas o nosso rebelde não se adapta. Em Florença se envolve em um triangulo sentimental com Antonio Ranieri, o amigo napolitano com o qual compartilha a vida boêmia, e a belíssima Fanny.

Local: Cine Livraria Cultura – Sala 1

Domingo, dia 13 de dezembro
19h
“Itália em um dia” (2014), de Gabriele Salvatores

Sinopse: o diretor do filme pediu a diferentes italianos que gravassem um vídeo, realizado com qualquer tipo de tecnologia possível, nas 24 horas do dia 26 de outubro de 2013. Desejos, sonhos, medos, reflexões, tudo que parecesse importante naquele dia ou, simplesmente o que fosse visível da janela de casa. Italy in a Day é um diário emotivo, um censo das emoções e pensamentos dos italianos, a vontade de compartilhar os próprios sentimentos através das imagens. O primeiro experimento italiano de filme coletivo, não uma rede social, mas um filme social, no qual o material foi fornecido por qualquer pessoa que quisesse e a organização da narração é confiada a quem faz isso por trabalho.

Local: Cine Livraria Cultura – Sala 1

Segunda-feira, dia 14 de dezembro
19h
“A sopa do diabo” (2014), de Davide Ferrario

Sinopse: o título do filme remonta a uma frase de Buzzati para descrever a produção de aço nas indústrias siderúrgicas de Taranto nos anos 60. Uma metáfora para descrever a utopia do progresso industrial e tecnológico percebido como solução para os problemas da humanidade. O filme é realizado com os materiais do Arquivo Nacional de Cinema das Empresas de Ivrea e conta a parábola do progresso na Itália a partir dos primeiros anos de 1900 até o começo dos anos 70. Uma ideia, aquela de um “futuro melhor” que hoje parece dramaticamente longe.

Local: Cine Livraria Cultura – Sala 1

Sexta-feira, dia 15 de dezembro
19h
“Eu estou com a noiva” (2014), de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry Orizzonti

Sinopse: um poeta sírio-palestino e um jornalista italiano encontram em Milão com cinco palestinos e sírios desembarcados em Lampedusa fugindo da guerra e decidem ajudá-los a continuar a viagem clandestina até a Suécia. Para evitar que fossem presos como traficantes de clandestinos, eles decidem encenar um casamento. Atravessam assim metade da Europa, numa viagem de 4 dias e três mil quilômetros. Num percurso cheio de emoções que, além de narrar histórias e sonhos dos protagonistas, mostra uma Europa desconhecida. O filme conta uma história real da viagem destes personagens de Milão até Estocolmo entre 14 e 18 de novembro de 2013.

Local: Cine Livraria Cultura – Sala 1
[tab:END]

Compartilhe: