CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Shows imperdíveis da semana em São Paulo

Por: Catraca Livre

Alô, você, que só sai de casa com a garantia de que a trilha sonora do rolê vai ser massa! Você que é movido à música e gosta de apreciar artistas veteranos mas, ao mesmo tempo, conhecer e valorizar um som novo, seja bem-vindo! Aqui você encontra uma seleta lista com os ~melhores~ e mais baratos shows da capital paulistana.

Vamo aí escutar um negocinho?

Se liga nos shows que você não pode perder esta semana em SP:

Formada da junção de músicos do ABC com músicos de SP, vindos de bandas como Ba-Boom, Familia Gangsters, Bloco Kaya na Gandaia, Brasilize, entre outras, a Buena Onda Reggae Club faz música jamaicana instrumental do ska ao nyabinghi, passando pelo reggae roots e rocksteady, sem se prender a ritmos, rótulos e preocupações. Som pra dançar e se divertir sem pensar no depois.

Quando: 17 de janeiro, às 22h
Onde: Mundo Pensante – Rua Treze de Maio, 825
Entrada: Catraca Livre até 0h; R$ 10 após – antecipado aqui 

—————————————————–

Staff Benda Bilili é um grupo formado por músicos de rua da República Democrática do Congo. Suas compsições possuem influência do ritmo regional soukous, com elementos de blues e reggae. O núcleo da banda consiste em quatro cantores / guitarristas mais velhos, que são paraplégicos (tiveram poliomielite quando jovens) e se movem em triciclos personalizados. A banda possui uma seção rítmica mais jovem, composta por crianças que eram moradoras de rua e foram resgatadas pelos membros mais velhos da banda. O solista é um garoto que toca solos de guitarra em um instrumento que ele mesmo construiu formado por uma corda e uma lata. O nome do grupo em livre tradução da língua Lingala quer dizer “olhar para além das aparências”.

Quando: 19 de janeiro, às 21h30
Onde: Sesc Pompeia – Rua Clelia, 93
Entrada: R$ 12 comerciários; R$ 20 meia; R$ 40 inteira

—————————————————–

Uma sexta por mês. Duas bandas que você precisa conhecer. Nesta edição, Emicaeli e Patife Band. A primeira viaja por improvisações dissonantes, quebra o tempo e muda cadências com harmonias extra-ordinárias, wave para bater cabeça na “parede de som”, fruto de volume no talo e equalizações precisas. A Patife, formada em 1984 pelo musico e compositor Paulo Barnabé, lançou 3 discos, “Patife Band (1985), Corredor Polonês (1987) e “Ao vivo em Londrina” (2003- extra-oficialmente) e está preparando faixas de seu próximo trabalho.

Quando: 19 de janeiro, às 23h
Onde: Z Carniceria – Av. Faria Lima 724
Entrada: R$ 15

—————————————————–

Aphonia é o projeto mensal do Stage Bar focado exclusivamente na música instrumental contemporânea, com duas atrações convidadas todo mês. Logo de saída, para começar em grande estilo, as bandas convidadas são Macaco Bong e Guizado, dois dos grandes expoentes da música instrumental e que fizeram história no antigo palco do CB Bar.

Quando: 20 de janeiro, às 19h
Onde: Stage Bar – Rua Brigadeiro Galvão, 871
Entrada: antecipado R$ 15; no dia até 0h e lista amiga R$ 20; após 0h R$ 25

—————————————————–

Dois gêneros. Duas vertentes. Dois mundos. Duas paixões. O rap. O rock. Unidos, juntos. Caminhando lado a lado. O baixo, o deejay, a guitarra, a pick up, a bateria, o rockstar e o emece. O peso e o grave. A estreia da festa conta com as atrações Don Iago, A voz da Igualdade, Wallacy Willians, Yannick aka Afro Samurai e Molodoys.

Quando: 20 de janeiro, às 23h
Onde: Rua Augusta, 339
Entrada: R$ 20

—————————————————–

XXXBórnia, minha gente! Não precisa de muita descrição, mas vamos lá: uma sexta por mês, várias bandas independentes, num dos prédios mais estilosos do centrão! Nesta edição, se apresentam Mel Azul, Tatá Aeroplano, Marrakesh (PR) e Alto Guiso (ARG). PRESSÃO!

Quando: 20 de janeiro, às 22h30
Onde: Trackers – Rua Dom José de Barros, 337
Entrada: Catraca Livre para os 100 primeiros a chegar; após disso R$ 30 para todes

—————————————————–

Com 50 anos de carreira, dos quais 30 se apresentou em palcos brasileiros, o norte-americano J.J. Jackson faz este show em homenagem ao país que escolheu para viver. A admiração pelos músicos, compositores e público brasileiro, inspirou JJJackson a gravar um disco que  apresenta no repertório do show e inclui músicas de compositores brasileiros: “Azul da Cor do Mar” (Tim Maia), “Folhas Secas” (Nelson Cavaquinho) e “Trem Azul” (Lô Borges), além de clássicos do blues, como “Fever” e “Summertime” em versões personalizadas.

Quando: 20 de janeiro, às 21h39
Onde: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1.000
Entrada: R$ 6 comerciários; R$ 10 meia-entrada; R$ 20 inteira

—————————————————–

G T’AIME é o nome do novo trabalho da cantora e compositora Geanine Marques, elaborado com seu companheiro Rodrigo Bellotto. Com nome homônimo, álbum e duo trazem o clima delicado do amor e das (des)ilusões contemporâneas. Dez melodias compostas, sem pressa, a principio no piano e violão, com uma sonoridade folk e romântica, para embalar a madrugada. O álbum foi  gravado no estúdio El Rocha, em junho de 2016 e produzido por Mauricio Takara, do Hurtmold, que lapidou o projeto.

Quando: 20 de janeiro, às 23h59
Onde: Z Carniceria – Av. Faria Lima 724
Entrada: R$ 15 antecipado; R$ 20 na porta

—————————————————–

Shows de graça na casinha mais charmosa da Vila! O Festival de Clipes e Bandas apresenta, nesta edição, Kali, Moxine e Júnior da Violla Experience, artistas que se destacaram no mês de dezembro de 2016! :) Além disso, discotecagem no começo do evento e nos intervalos entre os shows.

Quando: 21 de janeiro, às 20h
Onde: Casa do Mancha – Rua Felipe de Alcaçova, s/n
Entrada: Catraca Livre

—————————————————–

O show celebra o feminino na cultura hip hop e apresenta ao público a arte de rua realizada por mulheres. Cris SNJ, Shirley Casa Verde, Stefanie Roberta e Yzalú se reúnem no palco para apresentar suas próprias canções e releituras de sucessos do rap nacional.

Quando: 21 de janeiro, às 21h30
Onde: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1.000
Entrada: R$ 7,50 comerciários; R$ 12,50 meia-entrada; R$ 25

—————————————————–

Lançamento do álbum “Com Alma” (Selo Sesc), com participação de Romero Lubambo. Liderada por Nailor “Proveta” Azevedo, a big band comemora com esse disco 25 anos de carreira e apresenta um repertório que abarca com a mesma naturalidade Pixinguinha e Dizzy Gillespie ou João Bosco e Moacir Santos, todos arranjados e executados com a precisão e inventividade musical que marcam toda a trajetória do grupo.

Quando: 21 e 22 de janeiro; sábado às 21h e domingo às 19h
Onde: Sesc Pompeia – Rua Clelia, 93
Entrada: R$ 9 comerciários; R$ 15 meia; R$ 30 inteira

—————————————————–

O álbum “De cara no asfalto”, gravado entre a cidade de São Paulo e Piracaia, é composto por 11 músicas autorais e traça um paralelo entre o Brasil de ontem e de hoje, do cangaço e dos movimentos messiânicos, aos ativismos do século XXI. Numa viagem por temas ligados ao cotidiano da população, como violência, crise econômica, amor e esperança de dias melhores, Paulinho Tó volta o seu olhar à realidade brasileira concreta. Participação de Rodrigo Caçapa e Carlos Careqa.

Quando: 21 de janeiro, às 21h
Onde: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1.000
Entrada: R$ 6 comerciários; R$ 10 meia; R$ 20 inteira

—————————————————–

  • Tom Zé

O QUÊ? É isso mesmo, o mestre Tom Zé faz show de graça em São Paulo! O compositor, cantor, arranjador e escritor baiano apresenta o repertório de vários discos de sua carreira que, segundo ele, “às vezes até tomaram nova fisionomia, como ‘2001’, ‘Xique-Xique’, ‘Made in Brasil’… e outras que o pessoal me pede a toda hora”.  Acompanhado de sua banda, o destaque escolhido por Tom foi “São, São Paulo” que serviu de inspiração para o show que celebra 463 anos da capital paulista.

Quando: 22 de janeiro, às 16h
Onde: Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha – Rua Franklin do Amaral, 1575
Entrada: Catraca Livre

—————————————————–

Além da potência na voz, a cantora Lara Aufranc, também tem uma forte performance no palco. O repertório dos shows é formado majoritariamente por canções autorais, tanto do disco de estreia, “Em Boa Hora” (2015), como também do segundo trabalho, que vem sendo concebido e arranjado ao longo de 2016. Influenciada por gêneros como jazz, soul, MPB e rock psicodélico, a música de Lara e os Ultraleves mistura referências antigas com arranjos e linguagem moderna.

Quando: 22 de janeiro, às 16h
Onde: Sesc Interlagos – Avenida Manuel Alves Soares, 1100
Entrada: Catraca Livre

—————————————————–

O blog Crush em Hi-Fi desembarca no dia 22 de janeiro com a segunda edição de sua festa na Associação Cultural Cecília. Show do quarteto de São Bernardo do Campo Der Baum, misturando new wave, pós punk e rock alternativo. A banda transita entre o inglês e o português, felicidade e tristeza profunda, guitarras rasgadas e teclados sintéticos, ABC Paulista e Alemanha… No momento, eles preparam seu primeiro disco, e talvez algumas músicas inéditas apareçam no setlist.

Quando: 22 de janeiro, às 18h
Onde: Associação Cultural Cecília – Rua Vitorino Carmilo, 449
Entrada: R$ 10 em dinheiro (o bar aceita cartão)

—————————————————–

Compartilhe:

Tags:#Show
1
5 blocos incríveis para curtir o Carnaval de rua no Rio
Carnaval está aí e é chegada a hora da gente decidir quais blocos nós vamos arrasar as nossas fantasias, confetes, …
2
5 blocos incríveis para curtir o carnaval de rua de SP
O Carnaval está aí! É chegada a hora de escolher os blocos para arrasar na passarela das ruas, ostentando fantasias, …
3
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
4
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
5
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
6
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não?Colaí …
7
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada!Colaí que eu tenho as …
8
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …