CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Tour por SP: conheça a cidade sem gastar muito

Os passeios não são apenas para turistas, mas para todos os públicos conhecerem a cidade de São Paulo!

Por: Redação

São Paulo não é para iniciantes! A maior cidade do Brasil pode ser bastante estressante para alguns, enquanto outros sonham em morar na selva de pedra. Mesmo com fama de feia, SP pode encantar até os mais céticos com seus charmes escondidos, histórias e diversidade. Como? A melhor maneira descobrir é participar de um tour gratuito – ou baratinho!

A Catraca Livre selecionou os melhores tours gratuitos da cidade para você ficar expert em SP. Tem também dicas de alguns tours pagos, mas que valem o investimento!

walking tour sp concrete jungles
Crédito: @ConcreteJunglesCJ /FacebookAquário Urbano, graffiti do artista Flipon na região central de SP

O Concrete Jungles Walking Tours oferece a oportunidade de caminhar gratuitamente em grupos de no máximo 10 pessoas. Mas o tour é para quem entende inglês e é necessário fazer reserva. Os passeios são pensados para fugirem do comum e também convidar o visitante a refletir sobre a cidade de São Paulo.

São oferecidos quatro tours gratuitos com temáticas diferentes. A caminhada SP Graffiti foge do tradicional Beco do Batman na Vila Madalena. Nela, os participantes exploram o centro da cidade e entendem as mudanças da área e os movimentos culturais presentes ali, como graffiti. Este tour ocorre de terças e quintas e é possível ver grafites de Kobra, Apolo Torres, Inti e Alexis Dias, Rita Wainer, entre outros.

Já o tour SP Cultural, que acontece aos sábados, é um convite aos participantes explorarem o bairro do Bom Retiro. O passeio inclui também os centros culturais da região, como Pinacoteca do Estado, Jardim da Luz, Museu de Arte Sacra, Oficina Cultural Oswald de Andrade e a musicalidade da região. Gostou? Então corre para agendar seu tour no site.

walking tour sp lgbtt
Crédito: @lgbtt.me/ Facebook our com foco na cultura LGBT em São Paulo

Este tour foi especialmente pensado para fortalecer pontos importantes da comunidade LGBT em São Paulo, além de ser uma ótima maneira de aprender mais sobre a cultura LGBT e fazer amigos. O passeio é gratuito e os guias aceitam gorjetas – aliás, eles até carregam guarda-chuvas com as cores do arco-íris para o grupo não se perder.

O rolê é coletivo e aborda a cultura, a história da comunidade, políticas públicas, baladas e bares. A caminhada passa por locais do centro da cidade que têm relação com a história e a cultura da comunidade LGBT, como o Museu da Diversidade Sexual, a Praça Roosevelt e o Bar da Lôca. Como os passeios são feitos por um coletivo, não há datas regulares, mas seguindo o Facebook é possível ficar por dentro dos próximos passeios.

Bike Tour SP
Crédito: @BikeTourSp / FacebookParticipantes do tour no Parque Ibirapuera

O Bike Tour SP é um passeio cultural de bicicleta gratuito. Os grupos possuem até 15 pessoas que vão pedalando acompanhados por um monitor e um equipamento de áudio. É necessário fazer inscrição prévia. Aos participantes são oferecidos uma bicicleta, um capacete e um colete de identificação, materiais que devem ser devolvidos ao final da pedalada.

Há diversas opções de datas e passeios para descobrir SP em duas rodas, como Rota Centro Velho, Vila Madalena, Avenida Paulista, Parque Ibirapuera, entre outros. Poucos tours realizam excursões gratuitas pelo Parque Ibirapuera. Este passeio apresenta os pontos importantes do parque, como o Museu de Arte Contemporânea, o Pavilhão Japonês, o Museu Afro Brasil, o Planetário, o Museu de Arte Moderna.

O passeio é gratuito, mas a equipe do Bike Tour solicita que os inscritos realizem a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis, por participante, que são destinados a NABEM (Núcleo Assistencial Bezerra de Menezes) e ao CENA (Clube de Esperança Nova Aurora). Ta aí uma ótima oportunidade de se divertir fazendo o bem. Fala a inscrição diretamente pelo site.

free walking tour sp
Crédito: Leonardo Giovane/ DivulgaçãoParticipantes do Free Wlaking Tour no Pátio do Colégio

Este tour é bom para levar o amigo gringo ou mesmo treinar seu inglês. Os passeios, em inglês, acontecem de segunda a domingo, e não é necessário fazer reserva, basta chegar ao local combinado 15 minutos antes do início. Seguindo o conceito de “Free Walking Tours”, o rolê é feito todo a pé, e não há um preço fixo: cada participante define um valor justo, deixando contribuições como forma de agradecimento.

O tour no Centro Velho de SP acontece às segundas, quartas, sextas e sábados, sempre a partir das 11h30. O ponto de encontro é na Praça da República, ao lado do Centro de Informação ao Turista.

Os tours pela Vila Madalena e pela Avenida Paulista ocorrem às terças, quintas e domingos. Para quem quiser conhecer um dos bairros mais boêmios de SP, os passeios saem sempre às 11h. O ponto de encontro é na Estação Fradique Coutinho, da linha Amarela do metrô.

Já o rolê pela mais paulista das avenidas é sempre a partir das 15h30. O ponto de encontro é na esquina com a Rua da Consolação, bem em frente do Banco do Brasil.

Ficou com vontade mas não fala inglês? A equipe do Free Walking tour faz alguns passeios em português, mas apenas em datas especiais e comemorativas. E neste caso é necessário fazer reserva, para saber mais entre no site.

  • Caminhada Noturna
caminhada norturna walking tour sp
Crédito: Eli Hayasaka / FacebookTeatro Municipal é um dos cenários da Caminhada Noturna pelo centro de São Paulo

Já pensou em fazer um tour pelo centro de SP durante a noite, ouvir histórias sobre a cidade, além de curiosidades e detalhes sobre arquitetura? E se você acha que ninguém faz isso, saiba que cerca de 50 a 100 pessoas participam, todas as quintas-feiras, do passeio. A Caminhada Noturna começa às 20h, dura duas horas e é totalmente gratuita.

O tour começa e termina nas imediações do Theatro Municipal. A caminhada conta sempre com a participação de especialistas e personalidades de áreas como Arquitetura, Artes Plásticas, Administração Pública, História e Urbanismo. Para conferir detalhes sobre o passeio ou confirmar se haverá tour na semana que você pretende fazer,  acesse o site.

  • Giro Cultural USP
Museu Oceanográfico da USP
Crédito: Elcio Silva / DivulgaçãoProjeção em esfera no Museu Oceanográfico da USP, tecnologia da NASA

Já pensou em conhecer a Cidade Universitária da Universidade de São Paulo, a USP? Esta é a proposta elaborada pela própria instituição. Os passeios são realizados de terça a sexta, em dois horários: às 10h e às 14h. Mas fica a dica: considerando o volume de solicitações, o ideal é realizar o agendamento com, no mínimo, dois meses de antecedência. O tour é gratuito.

São quatro opções de rotas e todas contam com uma equipe de mediadores composta por historiadores, antropólogos, sociólogos e arquitetos, além de guia com cadastro no Ministério do Turismo. Também há o apoio de um ônibus para os trajetos mais distantes dentro da universidade.

Os roteiros são: “Acervo Científico”, em que o visitante conhece o acervo da pesquisa e da produção científica da USP por meio da visita ao Museu Oceanográfico, Museu de Anatomia Veterinária, Museu de Geociências e o Museu de Anatomia Humana. “Acervo Cultural”, em que exposições, grupos teatrais, orquestras e baterias universitárias são alguns dos tópicos apresentados. “Vista Panorâmica: um Passeio pelo Campus”, que busca situar e integrar o visitante ao campus da Cidade Universitária, no Butantã.

Não pense que o pessoal só faz tour dentro da Cidade Universitária não! O roteiro “A USP e a São Paulo Modernista” é realizado no centro de São Paulo aos sábados, sempre a partir das 10h.

O agendamento acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, pelo telefone (11) 3091-1190 ou pelo e-mail girocultural@usp.br.

Visitantes na Oficina Cultural Oswald de Andrade
Crédito: @descubrasaopauloape / facebookVisitantes na Oficina Cultural Oswald de Andrade

A equipe que organiza os roteiros do Descubra São Paulo a Pé costuma realizar expedições pelos pontos turísticos da cidade com guias credenciados pelo Ministério do Turismo. Além de tours pela Avenida Paulista, cartão postal da cidade, também é possível conhecer um dos bairros mais dinâmicos de São Paulo: o Bom Retiro.

O Bom Retiro é um dos bairros tradicionais da região central da cidade, recebeu e recebe muitos imigrantes, como judeus, chineses e, mais recentemente, coreanos. O roteiro passa por pontos como a Igreja N. Sra. Auxiliadora, prédios da POLI, Casa do Povo, Oficina Cultural Oswald de Andrade,Colégio Santa Inês, Rua Três Rios, Museu do Holocausto, Antiga Fábrica da Ford, SESC Bom Retiro, entre outros.

O tour não é de graça, mas quem decide quanto pagar é você. O ponto de encontro para é na catraca do Metrô Tiradentes. Não é necessário fazer reserva, mas é preciso chegar ao local com 15 minutos de antecedência. Para saber mais sobre as datas dos próximos passeios, acesse o site.

BÔNUS: walking tours baratinhos por SP

Há ainda diversas opções de roteiros pagos para você conhecer SP com outros olhos. Se quiser passar por essas experiências diferentes, a Catraca Livre indica duas opções para você.

Fóssil de dinossauro do Museu do Zoologia
Crédito: @sampacharme13 / FacebookFóssil de dinossauro do Museu do Zoologia

A guia Elaine Gastaldello prepara tours por São Paulo pensando não apenas nos turistas, mas também nos moradores da cidade. A ideia é mostrar o charme e a importância histórica escondidos nas ruas da maior cidade da América do Sul. O tour pelo bairro do Ipiranga costuma acontecer aos domingos, é necessário fazer reserva e tem o valor de R$ 35. Crianças de até 10 anos não pagam.

O passeio Ipiranga “Muito Além do Museu” faz com que os visitantes conheçam personalidades que contribuíram para a construção do bairro, como o Imperador D.Pedro I, a família Jafet e o Conde José Vicente de Azevedo. O passeio passa pelo Memorial Santa Paulina, o Centro de Formação Sagrada Família, o Museu de Zoologia, Parque da Independência e a Cripta de D.Pedro I e suas esposas.

O tour tem duração de três horas e termina na Feira de Artesanato da Rua dos Patriotas. Para conferir as datas das próximas saídas, acesse o site.

  • Liberdade Negra

A cidade de São Paulo possuía a maior população negra do Brasil, mas poucas pessoas sabem qual é o papel dos negros na construção da metrópole. Esta é a proposta do tour Liberdade Negra. O passeio mostra o bairro da Liberdade de uma maneira incomum. Aqui, os protagonistas não são os imigrantes orientais, mas sim a população negra.

O tour mostra lugares importantes da história dos negros em SP, como a Igreja Nossa Senhora Rosário dos Pretos, a estátua da mãe preta, a Igreja Nossa Senhora dos Enforcados, do antigo Pelourinho e do antigo Morro da Forca, no bairro da Liberdade. A caminhada começa no Bairro da Liberdade e termina no Largo do Paissandú.

O percurso é conduzido pelo jornalista Guilherme Soares Dias e pelo fotógrafo e produtor cultural Heitor Salatiel, além de participações especiais a cada saída. É necessário fazer reserva e o valor do tour é R$ 50. Faça a inscrição pelo site.

Bora embarcar em um tour por SP? <3

Se quiser continuar explorando a cidade de maneira inusitada, que tal conhecer as ruas eternizadas em canções?

1
5 blocos incríveis para curtir o Carnaval de rua no Rio
Carnaval está aí e é chegada a hora da gente decidir quais blocos nós vamos arrasar as nossas fantasias, confetes, …
2
5 blocos incríveis para curtir o carnaval de rua de SP
O Carnaval está aí! É chegada a hora de escolher os blocos para arrasar na passarela das ruas, ostentando fantasias, …
3
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
4
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
5
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
6
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não?Colaí …
7
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada!Colaí que eu tenho as …
8
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …