Falamansa celebra 20 anos com sucessos e homenagem a Gonzagão

Por: Redação | Comunicar erro

Casa Natura Musical recebe show especial da banda Falamansa, que apresenta um show especial recheado de grandes sucessos que pontuaram a sua carreira desde 1998. A banda é formada por Tato (voz e violão), Dezinho (triângulo e percussão), Alemão (zabumba e percussão) e Valdir do Acordeon, acompanhados por Renato Guizelini (guitarra e violão), Marcelo Calderazzo (baixo) e Carlos Ramon Montagner (bateria).

O show acontece na quinta, 9 de agosto, às 21h30, e tem ingressos a partir de R$ 40. Quem lê o VilaMundo já sabe: basta usar o código CATRACA10 no site de compra ou com antecedência na bilheteria para ter 10% de desconto na entrada.

Crédito: Leandro GodoiFalamansa faz 20 anos de carreira com show especial

Além das canções que não podem faltar no repertório, como Xote dos MilagresRindo à Toa Xote da AlegriaAsas e Lá da Alma , todas composições de Tato; além de Confidências (Jorge de Altinho/Petrúcio Amorim), Chuva (Luís Carlinhos). O show traz ainda três faixas inéditas que estão presentes no novo álbum: Joia Rara (Tato), O Dinheiro Não Compra o Amor (Tato/Valdir do Acordeon/Alemão/Renato Guizellini) e Par (Tato).

A banda fará um tributo ao rei Luiz Gonzaga, com pérolas como A Vida de Viajante (Luiz Gonzaga/Herve Cordovil), Asa Branca (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) e Pagode Russo (Luiz Gonzaga/João Silva) e cantará clássicos do forró, como Seja Como Flor (Dominguinhos/Gonzaguinha), Lamento Sertanejo (Gilberto Gil/Dominguinhos), Isso Aqui Tá Bom Demais (Dominguinhos/Nando Cordel), Banho de Cheiro (Carlos Fernando), Festa do Interior (Moraes Moreira/Abel Silva), Morena Tropicana (Alceu Valença/Vicente Barreto) e Esperando na Janela (Manuca Almeida/Raimundo Nonato/Targino Gondim).

A Falamansa completa 20 anos de atividade ininterrupta e com a mesma formação, rompendo todos os paradigmas comuns para um grupo musical. Se já não bastasse essa estatística ímpar no cenário musical brasileiro, a banda ainda ostenta ao longo de todos esses anos uma fidelidade cultural sem precedentes e uma linha temática em suas letras que caminha contrária a tudo o que acontece no mercado de entretenimento nacional.

Na bagagem, mais de 8 milhões de discos vendidos, 11 álbuns, 3 DVDs e 1 Grammy Latino, além de muitas outras premiações ao longo da carreira. Tudo isso sem nenhum desvio de rota na sua proposta rítmica inicial, mantendo viva e presente a cultura brasileira do forró em seus trabalhos e sem nenhuma necessidade de apelação nas suas letras, fincando, a cada obra, mensagens de alegria, fé, motivação, amor, superação, amizade, consciência social e ambiental, como estandartes de cada projeto.

Compartilhe: