App utiliza a conexão familiar para lembrar idoso a tomar remédio

Allan Benicio, Edilson Osorio Junior, Karina Martins, Mariana Santelli e Rafael Ribeiro não se conheciam até toparem, junto com outros três grupos de cinco jovens, o desafio do Philips Innovation Experience: criar um aplicativo na área de saúde e bem-estar que impactasse positivamente a população. Eram 15h de um sábado de junho.

Quatro horas depois, eles estavam apresentando para uma banca de seis jurados o MyCare, “uma solução mobile para gestão de medicamentos que utiliza a conexão familiar, entre pai e filho ou responsável, com objetivo de gerir, relembrar e auxiliar na utilização” dos remédios no horário indicado na receita médica, explica Karina.

Além de posicionar os parentes do término da medicação ou do tratamento, o app, que tem os idosos como foco, sugere atividades para manter a saúde e a qualidade de vida. “O responsável estabelece algumas metas, como caminhar ou comer alimentos saudáveis, e as recompensas, como um passeio ou um presente.”

Além da gamificação, o grupo também pensou em como monetizar o app. “Ao somar pontos, o usuário terá descontos em farmácias, planos de saúde e produtos voltados à terceira idade”, enumera Karina, citando algumas pesquisas, como a de que “70% dos idosos possuem alguma patologia crônica e faz uso de remédios”.

O resultado? Venceram, ganharam R$ 1.000 cada um e outros R$ 5.000 para serem utilizados em consultorias e mentorias. E o melhor: o departamento de inovação da Philips vai desenvolver o app em conjunto com a equipe. Os 60% de idosos que relataram se esquecer de tomar os medicamentos agradecem e aguardam ansiosamente.