Aristocrata Clube: a resistência negra em São Paulo

Por: Redação Comunicar erro

Documentário dirigido por Jasmin Pinho e Aza Pinho em 2004, retrata as memórias de três gerações frequentadoras do clube recreativo de elite fundado em São Paulo por um grupo de negros na década de 1960. Nominado Aristocrata Clube, foi criado exclusivamente para negros como resposta ao racismo, de forma a mostrar que negros também tinham o direito de festejar.

Na época em que o clube surgiu, os negros eram proibidos de participar dos bailes de brancos ou qualquer outro tipo de recreação. Ao longo dos anos, a terceira geração decide não dar continuidade ao clube, já que não condizia mais com a realidade “menos preconceituosa” que viviam. De acordo com a diretora, o clube foi um reflexo da época em que foi criado e tornou-se símbolo da resistência negra contra a discriminação.

Assista ao documentário, marcado por muito luxo, diversão e samba:

Compartilhe: