Botucatu, a terra da aventura

Por: Catraca Livre Comunicar erro

Botucatu radical

Balão na cuesta de Botucatu[/img]

A lista do que fazer em Botucatu é realmente grande, são atrativos para todos os gostos, idades e coragem. Segue alguns deles:
Trekking na cuesta –
São diversas provas e etapas de grandes eventos que acontecem todo o ano na região alta e baixa da cuesta botucatuense.

Cachoeiras –
Ao todo, Botucatu conta com mais de 60 cachoeiras que chegam até 80 metros de altura. Mas atenção, nem todas são abertas ao público por ficarem em propiedades particulares, algumas delas, se pagar tem o acesso liberado, outras não, então no mínimo use da educação para tentar visitá-las.

Caiaque –
O lugar para à prática do caiaque é o Rio Bonito, represa do rio Tiête. Não se assustem, o rio é próprio para banho.

Mountain Bike –
Para os amantes desse esporte que limpa a mente e suja a roupa, a cuesta de Botucatu é uma das etapas do Brasil Ride, prova de muito respeito mountain bike.

Trilhas 4×4 e Motos
São muitas trilhas para quem quer se aproximar da natureza, trilha que passam por lugares deslumbrantes de tanta beleza. Vale muito esse passeio!

Rapel –
Com tantos paredões e cachoeiras, o que não falta na região são lugares para quem gosta de fazer escaladas e rapel (inclusive noturno com Lua cheia).

Paraglaider –
Para quem busca aventura nas alturas, Botucatu também tem. São dezenas de mirantes ao redor da cidade, entre eles a Base da Nuvem, lugar onde pessoas praticam Paraglider.

Mas atenção, para a prática desses esportes exige um certo conhecimento do terreno e do esporte em si. Nossa recomendação sempre é ter um responsável por perto, para isso aconselhamos entrar em contato com o receptivo local EcoCuesta. Para quem pretende passar o fim de semana por lá, eles tem também possuem opções de hospedagem.

O que não pode faltar também na sua estada na cidade é ir de encontro a gastronomia local, são diversos restaurantes afastado do centro da cidade, que, além de lhe proporcionar qualidade nos sabores, também oferecem um pouco de contato a natureza.

Sinhô Sinhá– Localizado em Rubiáo Jr., ótima comida, especialides em frutos do mar comn uma grande variedade de cervejas artesanais inclusive local.

Celeiro – Localizado na Demétri, tem como carro chefe carne argentina e blues ou jazz aos sábados à partir das 17:00 hs.

Estância Jacutinga – Localizada no pé da cuesta, serve comida caipira à vontade e conta também com pousada rural e animais exóticos.

Lendas da região

A região da cuesta é também muito famosa por suas lendas e mistérios. Fique sabendo que, você poderá caminhar por caminhos incas (Caminho Peabiru) com a chance de avistar algumas luzes no céu (Ovinis), geralmente perto do Gigante Adormecido e ainda se deparar com o Saci-Pererê, pois a cidade tem uma fazenda deles.

Curta e Compartilhe Botucatu

Vem com a gente, siga nossa fanpage no FB: Boralá Blog
Visite nosso Blog de Viagem: Boralá!

Valeu!!!

Compartilhe: