Cadeados do amor: de Paris para o mundo

Por: Redação

Mas será que a mania dos cadeados vai acabar? O blog Vontade de Viajar listou outros lugares do mundo em que os “love locks” começaram a dominar grades e pontes. Veja alguns:

Em Pécs, cidade histórica e universitária da Hungria, a tradição começou nos anos 80.

Recentemente, em Praga, as traves de ferro sobre um riacho na região Malá Strana também começaram a ver surgir penduricalhos.

Cadeados começam a surgir na pequena ponte que cruza o parque Englischer Garten, em Munique, no sul da Alemanha.

Mas é na cidade alemã de Cologne que a moda já pegou mesmo, na ponte Hohenzollern.

A Finlândia também tem sua versão da Pont des Arts, é a Bridge of Love em Helsinki.

A tradição também cruzou os continentes e chegou em Montevidéu, na Fuente de los Candados.

Na Coreia, é a Torre de Namsan, ponto mais alto de Seoul, que se colore com cadeados e declarações de amor. Lá tem gente que prende até capa de celular!

Foto: Chelsea Marie Hicks[/img]

E a Rússia planta o amor em estruturas que, quando cheias de cadeados, parecem pequenas árvores.

Leia o artigo original no blog Vontade de Viajar.

Compartilhe: