Centro que une escola e asilo inspira filme sobre relação entre gerações

Cinco dias por semana, 400 idosos recebem crianças no Centro de Aprendizado Intergeracional do Providence Mount St. Vincent, em Seattle, nos Estados Unidos. Juntos, eles ouvem música, dançam, contam histórias, fazem arte e almoçam.

O Providence é mais do que uma casa de repouso. Lá, funciona também uma pré-escola. Mas o que essas duas gerações podem oferecer uma para a outra?

Divulgação
Idosos e crianças em atividade no Centro de Aprendizado Intergeracional

 

A cineasta Evan Briggs decidiu investigar no longa-metragem “Present Perfect”. O documentário explora o envelhecimento nos Estados Unidos por meio dessa experiência.

“Em qualquer lar de idosos, é difícil ignorar a sensação de isolamento que os moradores sentem, e ainda mais difícil conciliar isso com o fato de que a velhice inevitavelmente virá para todos nós. Em nossa cultura obcecada pela juventude, não queremos ser lembrados de nossa própria mortalidade. É mais fácil de desviar o olhar”, destaca Evan.

Divulgação
Crianças e adultos contam histórias uns para os outros no centro

 

“Quando eu ouvi sobre o Providence Mount e o Centro de Aprendizado Intergeracional, fiquei impressionada com a simples perfeição do conceito. Fiquei ainda mais intrigada com a ideia de que sem passado nem futuro em comum, as relações entre as crianças e os moradores existem inteiramente no presente. Apesar da diferença de idade, toda a noção de tempo parece mais alinhada [entre eles]”, considera.

Evan filmou o longa entre 2012 e 2013 com recursos próprios. Agora começa uma campanha na plataforma de crowdfunding Kickstarter para arrecadar recursos para a finalização.

 

Compartilhe: