Iniciativa leva curso de informática a cidades do Maranhão

Por: qsocial Comunicar erro

A exclusão digital é um problema que afeta 4,3 bilhões de pessoas no mundo, segundo dados da ONU. No Brasil, pesquisa do IBGE divulgada em 2013 aponta que 53% da população não tinha acesso à internet.

Sem contato com o mundo digital, essas pessoas se tornam marginalizadas social e profissionalmente. Numa tentativa de reduzir esse problema, uma iniciativa tem dado há quatro anos um novo alento a jovens e adultos de duas cidades do Maranhão _ Urbano Santos e Santa Quitéria.

Pelo Projeto Inclusão Digital, cerca de 3.000 famílias foram beneficiadas com um curso de informática gratuito que tem a duração de um ano. Em alguns casos, a inserção no mercado de trabalho local foi automática, já que alguns dos alunos foram treinados e se tornaram monitores do curso.

A troca de informações e a busca por aprimoramento é feita por meio de um fórum de inclusão digital que reúne monitores, especialistas em tecnologia e entidades responsáveis pelos laboratórios.

O projeto é uma parceria da Suzano Papel e Celulose com a Prefeitura de Urbano Santos, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Santa Quitéria, o Lar Franciscano, o Sindicato dos Professores Municipais de Urbano Santos, a DI Informática, o Centro Social de Inclusão Digital (Cesid), a Apae de Urbano Santos, a Apae de Belágua e associações de moradores da zona rural de Santa Quitéria.

Atualmente, o curso é totalmente gerido por um grupo formado pelas associações e por órgãos municipais.

Compartilhe: