Intervenção faz público mergulhar na leitura

Por: qsocial Comunicar erro

No meio de um parque, uma banheira. A seu lado, cadeiras de praia. E também livros e almofadas. Agora imagine tudo isso junto e pronto: temos o Banho de Leitura, iniciativa que busca incentivar a leitura de forma agradável, lúdica e acessível , sempre em espaços públicos.

Idealizado pela Muda Práticas Culturais e Educativas, consultoria que cria e implementa projetos culturais e de vida urbana, já houve Banho na Virada Sustentável de 2014, no Largo da Batata (zona oeste de São Paulo), no coletivo Condomínio Cultural (zona oeste de São Paulo), entre outros. Cerca de mil pessoas já passaram pela experiência desse banho a seco cheio de charme e rodeado por livros.

Os próximos estão marcados para 27 cidades do interior de São Paulo, em unidades do Sesc.

Para cada Banho, há uma equipe de um produtor e dois mediadores, que são atores acostumados a lidar com o público, além de 40 livros que ficam disponíveis gratuitamente para leitura no local. O perfil das obras depende do público, e os mediadores ajudam na escolha e até contam um pouco sobre do que se trata a leitura.

“O não leitor não entra em biblioteca porque não tem motivação”, afirma Heloísa Sobral, sócia-diretora da Muda. Para ajudar a criar esse hábito, nada como uma intervenção chamativa e divertida, conta ela, que chama a atenção de quem passar por ela.

“As pessoas chegam, querem entrar na banheira, se sentem atraídas pela instalação e mudam sua relação com a leitura”, emenda.

Compartilhe: